domingo, 3 de agosto de 2014

No país dos javalis...like a boss!


Foi um fim-de-semana diferente, caros leitores. Retribuindo a simpatia dos nossos amigos e camaradas do continente, eu mais a minha "entourage" passámos dia e meio em Guangzhou, a duas horas e meia de autocarro de Macau. Aqui vos deixo o relatório de actividades...like a boss!


Em território hostil, o melhor é começar por escolher o veículo de combate, like a boss.


Com que então, a invadir a Igreja da Sé durante a missa, uh? Ora aqui está uma "vingançazinha", dando uma de turista na Catedral de Cantão. Take that, Patriotic Church! Like a boss!


...e chupa que é cana doce! Like a boss.


Estava a passar por Shamian e fui ver para o que estava esta gente a olhar. Muito parado para o meu gosto, que é mais tipo like a boss.


A mandar obscenidades pelo correio para as senhoras, não é seu pequeno canalha? Olha que levas um tabefe com as costas da mão, like a boss.


Vai fotografar a tua avó, ó espião do c... . Like a boss!


A música é gira, as crianças encantadoras, mas a fila não anda. E eu aqui à espera do quê? Acabou-se Shamian...vou bazar, like a boss.


Cagando e andando, chego à mansão do clã Chen, uma das muitas casas no estilo do nosso Jardim Lou Lim Ieoc, só que nesse caso o milionário chinês de Macau doou o local para o Governo de Macau, mas aqui a pobre família Chen foi expropriada nos loucos tempos da Revolução, expulsa do próprio lar e exibida em público com ditames insultuosos pendurados ao pescoço - e no fim seriam todos eventualmente executados, claro, like a boss.


Belos biombos. Que bem que viviam os Chen, like a boss.


Pensativo numa das mesas da casa dos Chen, like a boss.


Já chega! Comprei um baralho de cartas temático, com selos da Revolução Cultural. Agora apadrinhado pelo Grande Timoneiro, é tempo de deixar a casa dos Chen. Like a boss!


Quase tempo de voltar para Macau, mas antes vou encher o bandulho com uma pizza de uma tal "Champions Pizza". Like a boss!


Chirp, chirp...bem, chegamos ao fim...chirp, chirp...ao fim da viagem, e agora...chirp, chirp...vou voltar a Macau. Like a boss.

4 comentários:

FireHead disse...

Por acaso Macau não pertence a esse "país de javalis"? Infelizmente creio que não é preciso esperarmos até 2049 para Macau ficar completamente "ajavalizado". Ainda nem passaram 15 anos e já há muito "javalismo" por cá. :)

Leocardo disse...

Nem por isso, ainda existem muitas diferenças, e a meu ver muito importantes. Vou falar nisso no "post" principal de hoje. Cumprimentos.

FireHead disse...

"Ainda" é capaz de ser mesmo uma boa palavra-chave. :)

Abraço.

Leocardo disse...

"Better the devil you know", nunca ouviu dizer? O Hugo precisa de aprender a ser mais indiferente/optimista, ao estilo do tio Rocha Dinis :)