sábado, 29 de agosto de 2009

Volta à China


PEQUIM - Quem visitar o Museu Nacional em Pequim não vai poder levar quaisquer líquidos ou materiais contundentes. O museu aprovou um novo regulamento que visa proteger os outros visitantes e os objectos de arte. Os seguranças do museu vão inspecionar as malas e os sacos.

MONGÓLIA INTERIOR - Uma pessoa morreu e oito estão desaparecidas depois de um barco de turistas se ter virado na quarta-feira em Touketup, perto de Hohhot. Os bombeiros estão à procura dos desaparecidos. Quando o barco se virou, levava 14 passageiros a bordo.

HEBEI - Um homem de Baoding foi condenado a prisão perpétua por ter sido apanhado a conduzir sob o efeito do alcool. O homem recusou-se a parar numa operação stop em Julho último, e atropelou dois agentes da autoridade, tendo causado a morte a um deles. A China está a levar a cabo uma intensa campanha para combater a condução sob o efeito do alcool, que é a principal causa de mortes nas estradas.

XANGAI - O parque de diversões de Happy Valley foi inaugurado há duas semanas, e desde então já teve cortes de energia por 12 vezes. Os visitantes afirmam que uma das vezes a montanha-russa parou durante dez minutos, tendo os passagieros que descer através de uma escada de emergência. A administração do parque desdamatriza as falhas de energia, dizendo que "são tão normais como um bebé apanhar uma constipação". A inspecção de qualidade em Xangai diz que a humidade faz accionar os sensores de emergência das máquinas, que são de fabrico suíço.

ZHEJIANG - Um homem de negócios de Leqing tentou corromper um polícia oferecendo-lhe 100 mil yuan, mas o agente recusou. Tudo aconteceu quando o homem foi apanhado a conduzir sob o efeito do alcool, multado em 2 mil yuan e preso por 15 dias. A tentativa de suborno terá acontecido enquanto era transferido da carrinha da polícia para o centro de detenção.

SHANDONG - Uma pessoa morreu e oito ficaram feridos ontem de manhã num acidente em cadeia que envolveu 20 veículos em Dezhou, uma secção do troço de auto-estrada entre Pequim e Fujian. A polícia de trânsito diz que a maioria dos veículos eram de carga, e que o acidente se deveu ao pesado nevoeiro que dificultou a visão dos automobilistas.

GUANGDONG - Uma mulher de 20 anos cortou os braços e pulsos com 20 golpes numa tentativa de impedir o seu namorado de terminar a relação com ela. Um amigo levou-a para o hospital, onde foi assistida a tempo. A tentativa desesperada não deu resultado, uma vez que o rapaz resolveu mesmo terminar a relação.

JIANGSU - Um túmulo do tempo dos Três Reinos, datado entre 220 e 280 DC, foi encontrado perto de uma obra em Suqian. Os especialistas que se deslocaram ao local afirmam que o túmulo não foi violado, uma vez que as portas se encontram intactas. Dentro do túmulo estavam vários objectos, desde espelhos, acessórios e taças.

SHAANXI - Vários troços de estrada perto de Xian afundaram-se três vezes desde o último Domingo. Trabalhadores da construção dizem que a camada inferior da estrada deveria ser enchida com concreto, mas existe apenas areia, que se misturou com água, fez lama e causou o colapso da estrada. No entanto as companhias de abastecimento de água da região dizem que isto é "impossível", uma vez que os canos se encontram em boas condições.

GUIZHOU - Sete pessoas morreram e três ficaram feridas numa explosão de gás numa mina em Bijie na última quarta-feira. As autoridades do departamento de segurança dizem que a mina estava licenciada e o sistema de segurança era novo e encontrava-se em boas condições. Na altura da explosão encontravam-se 52 trabalhadores na mina, sendo que 42 deles conseguiram fugir.

3 comentários:

Pedro Macau disse...

objectos faltou um o

Lingüista Indignado disse...

O "o" de objecto é realmente importante, embora se consiga perceber a palavra sem o dito "o". O que não dá para perceber nem um bocadinho é este comentário do Pedro Macau deixado no post "Superstições" de 27 de Agosto: "isso ja parece rtp em que cada feriado tem que progama dito especial (que por sinal nao e nada...) a apresentar o evento" (sic). Talvez alguém também o tivesse corrigido, só que não tinha como.

Leocardo disse...

Fico feliz por saber que os leitores andam tão atentos.

Cumprimentos.