quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Estrangeiros em Hong Kong ganham mais


Trabalhadores estrangeiros em Hong Kong são os mais bem pagos do mundo, segundo uma pesquisa do HSBC. Mais de um em cada quatro trabalhadores estrangeiros na RAEHK - um total de 27% - ganham mais de 250 mil dólares por ano, mais do que os 16% no resto do mundo. Quarenta e oito por cento dos expratriados gastam mais de 4 mil dólares por mês, e 89% dizem ganhar mais que no seu país de origem. A segunda cidade com os expatriados mais endinheirados é Singapura, seguida do Japão, India e Malásia. Um porta-voz do HSBC afirmou ainda que 9 em cada 10 trabalhadores estrangeiros estão tão contentes com a sua situação em Hong Kong que nem sequer consideram regressar ao seu país de origem. Além de serem os que ganham mais, os estrangeiros em Hong Kong são também os quartos mais ricos do mundo, atrás dos expatriados da Rússia, Qatar e Arábia Saudita.

3 comentários:

Pedro Macau disse...

sera que eles contaram tb as empregadas filipinas?

Leocardo disse...

Provavelmente as empregadas filipinas estão entre os 73% que não ganham 250 mil dólares por ano, e entre os 52% que não gastam 4 mil dólares por mês. Mas também devem estar entre os 89% que ganha mais do que no seu país de origem, e entre os 4/5 que estão satisfeitos por trabalhar em Hong Kong.

Cumprimentos.

Anónimo disse...

Estou desconfiado que eu pago mais à minha empregada do que esses expatriados de Hong Kong às deles. Dos chineses ricos já nem falo, que esses gostavam era que as suas empregadas trabalhassem e ainda pagassem aos patrões, em vez do contrário. Isto também dava uma estatística bem interessante.