quinta-feira, 25 de março de 2010

Papar é bom!


Quando eu vim para Macau, tinha uma namorada chamada Sónia. Juro pelos santinhos todos que isto é mesmo verdade. Era a tal, se estão lembrados, que "além dos U2, adorava o meu pau". Era linda, ela, baixinha, cabelos loiros até à cintura, um perfume divinal, enfim, ainda hoje penso muito nela, e como estará. Tinhamos ambos 20 anos, e quando tomei a decisão de vir para cá, há quase 19 anos, existiu um pequeno compasso de espera, se a rapariga viria também. Ao contrário deste vosso servo, a moça tinha jeito para a Universidade. Jeito, paciência e dinheiro, aliás. Achámos logo que ia ser uma péssima ideia, visto que iria conhecer imensas mulheres interessantes, as asiáticas, e provavelmente daria-lhe com os pés e faria a menina voltar chorosa para as saias da mãezinha, lá no Tugal.

Isto aconteceu mesmo em Macau, meus amigos. Até chegou a acontecer com casais casados e com filhos, e as nossas compatriotas nunca se livraram do estigma das chinezinhas pequeninas e girinhas, das tailandesas matulonas e exóticas, das empregadas domésticas filipinas, das caçadoras de BIR, das saunas e dos clubes nocturnos. Chego a pensar que se as nossas compatriotas fizessem o que é natural, isto é, andar com os homens asiáticos, que constituíem a maioria, eram muito mais felizes. É altura de deixar os homens portugueses "à solta", e deixar-se desse negativismo que consiste em querer voltar a Portugal um dia já casada e etc. e tal.

Só que hoje, enquanto fazia as minhas leituras matinais, deparei com um artigo de opinião da autoria de outra Sónia, esta Nunes, ilustre jornalista do Hoje Macau que vejo frequentemente no restaurante Afonso. Este artigo era diferente, este artigo era cativante, e a certa altura apercebi-me que este artigo era sobre moi. Não deu para perceber muito bem quem era o personagem a que se compara um rato, mas julgo que não sou eu. Nada da vida do tal João da Sila (Cila, na edição impressa) coincide com a minha. Lamento, mas da minha única relação com uma mulher portuguesa em Macau não guardo boas recordações. E como eu sofri nas mãos daquela velhaca. Não se pode dizer que não tentei, pelo menos.

Depois o choque com a expressão "papar gajas" deixou-me em tilt. Eu acho que vocês, malta do jornalismo, tinham mais a ganhar em usar expressões como "papar gajas", "caça-catotas" ou "levar com o tarolo". É assim que a malta fala, e entende-se. Talvez a Sónia ainda esteja traumatizada com uma certa entrevista a um indivíduo com nome de enchido, que uma vez afirmou: "Pelo olhar, logo vejo o interesse. Não tenho lábia. A minha cantiga é: ‘Ou vais, ou vens’. E ela ou vai ou vem". Fascinante, o poder magnético. E depois não precisa de se desculpar; "papar gajas" é, eu explico, o convívio com o sexo oposto, ora em relação de amizade, ou amorosa, sempre com o consentimento de ambos. É assim que se obtem uma vida social sã, no fundo.

Ninguém disse na secção de comentários do post Macau Dazibao que: "quem nunca quis papar uma asiática é homossexual". Num dos comentários lia-se tal alarvidade, mas não mereceu qualquer credibilidade intelectual. Qualquer pessoa tem a liberdade de 'papar' quem quiser, e não precisa de ser uma asiática. Mas como vivemos na Ásia, as probabilidades aumentam, ou não? Se um homem português ou qualquer outro estrangeiro, for assediado por uma mulher asiática, deve dizer "desculpa mas a minha chave só entra em fechaduras nacionais"? Também disse que gosto de lagosta, mas não me contento em comer lagosta a vida inteira, só que como já encontrei o "buffet" ideal, cessei as minhas 'conquistas'. Não faço ideia de quem ou o que sejam as "ninfas de Coloane", e sinceramente, não sou 'rato', nem de signo.

Um beijinho para a minha amiga!

24 comentários:

Anónimo disse...

O que eu acho piada é os homens terem a mania de dizerem:"papar gajas" como se isso fosse uma prova da sua masculinalidade.Mas se uma gaja disser:"papo gajos" é logo visto como uma grande put#.Ora isso se os homens podem engatar gajas mesmo sendo casados porque raio as gajas casadas não podem ter amantes tambem?Se eu tivesse uma amante não importava nada que a minha mulher tivesse tambem um amante.Ou comem todos ou ninguem come.

Anónimo disse...

O leocardo acha-se mesmo importante para achar que uma crónica do jornal é lhe dedicada!!

Leocardo disse...

Deixai-me apontar o caminho, ó pobres almas sôfregas.

Anónimo das 12:46 - Não estou a discutir os direitos das mulheres, elas fazem o que muito bem entenderem, e como sou homem digo "papar gajas". Elas digam lá o que quiserem.

Anónimo das 16:44 - Sabe do que estou a falar? Faz ideia? Do you understand the words that are coming out of my mouth?

Cumprimentos.

Anónimo disse...

se quiseres encontrar a tua sonia vai a facebook, estao la todas as sonias de portugal
dps dizes que queres ser amiga dela, ela vai lembra-se de ti e do teu tarogo, aceita-te como amigo e pronto ja' podes fazer sexo virtual... isso nao e' traicao, pois n?

Anónimo disse...

Ui ui a Sónia Nunes a lavar a roupa suja no Hoje Macau que lindo...o ressabianço da tuga :)

muita fixe O' Carlos Morais J.
hehe tamos a voltar aos tempos do Severino, pah?!

AsianManiac disse...

Bem, cada um tem os seus gostos, mas eu não consigo perceber os gajos que dizem não gostar de asiáticas. Aceito, mas não entendo...

Anónimo disse...

Oh Asianmaniac,gostos não se discutem.Tal como há homens que não gostam de portuguesas.

Anónimo disse...

Viva as tugas ressabiadas sempre a chorar pelos cantos. Depois admiram-se que ninguém lhes toca

AsianManiac disse...

Atenção que as asiáticas são as minhas preferidas mas, acima de tudo, gosto de mulheres. Nunca direi que não gosto de portuguesas, nem de outras europeias, nem de africanas nem de outra coisa qualquer. As minhas escolhas não são baseadas na raça, mas no sexo, porque de homens não gosto. Se prefiro as asiáticas, é por uma questão quantitativa, porque considero que a percentagem de asiáticas bonitas é superior. Mas, qualitativamente, todas as raças são boas. Se me pusessem à disposição os melhores exemplares de cada raça para escolher só uma, provavelmente teria de escolher por sorteio. Basicamente, o que não entendo é que não se seja capaz de apreciar um belo exemplar seja de que raça for.

Anónimo disse...

Que conversa mais parva vai aqui... eu gosto de mulheres portuguesas, mas mais as chinesas porque há maior percentagem de chinesas giras do que das outras mas também gosto das outras porque todas as raças são boas e bonitas e teria de escolher os melhores exemplares por sorteio desde que não sejam homens porque não gosto de homens bla bla bla....

Que tal cada um comer o que quer e ponto final?

Não é muito mais fácil assim?

Anónimo disse...

Oh meus caros!! Comam o que vos aprouver!!
Lamento informar que ninguém, a começar pelo próprio Leocardo, atingiu o sentido da crónica.
Aliás, as próprias mulheres asiáticas são elogiadas através das "ninfas de Coloane".
E já agora, aprendam a despersonalizar s.f.f. as crónicas.
Cumprimentos,
As Ninfas de Coloane

Leocardo disse...

Qual é o propósito de escrever uma crónica que ninguém percebe o sentido?

Anónimo disse...

Para bom entendedor meia palavra basta. Talvez nós não seremos bons entendedores. Pode ser isso.

Quanto às asiáticas, well, ou se gosta ou se acha piada. Eu cá não trocava uma boa latina por uma boa asiática...mas gostos não se discutem!

AA

Anónimo disse...

Mais uma que não gostou do teu pau Leo...

Anónimo disse...

Para quem tanto pugna pelo anonimato, revelar um local que a jornalista frequenta habitualmente é do mais pidesco que há.

Anónimo disse...

Eu gosto de gajas bonitas mas com CURVAS,peitos grandes e cu mais ou menos grande.Ora isso é quase impossivel ver nas chinesas,a maioria das chinesas tem mamas e cu pequenos.Entre uma portuguesa bonita e uma chinesa bonita escolho sempre a portuguesa porque tem as mamas e o cu maiores.Mas acho que isso tem a ver com a alimentação,se notarem bem,de uma maneira geral as asiaticas e as brasileiras costumam ter peitos pequenos,as brasileiras ainda tem o cu grande.Ja as portuguesas tem de uma maneira geral peitos e cu grandes.A meu ver deve ser das muitas batatas que comem,porque em Portugal é arroz e batata,arroz e batata.Agora as brasileiras que tem o cu grande deve ser porque comem muito feijão,as mamas pequenas das brasileiras que não consigo perceber a razão.

Anónimo disse...

as gajas são como a comida,depende do gosto de cada um,eu pessoalmente como tudo que seja bom,portuguesa,chinesa,macaense,russa,tailandesa,americana,brasileira etc.Desde que seja boa a comida como de tudo.

Leocardo disse...

"Para quem tanto pugna pelo anonimato, revelar um local que a jornalista frequenta habitualmente é do mais pidesco que há."

Pidesco é andar aí de lápis vermelho a ver o que pode ou não ser escrito ou dito. Disse apenas que encontrei a menina num restaurante que tanto eu como centenas de outras pessoas também frequentam. Não é um antro de vício nem um local proibido a menores. Com isto quis dizer que conheço a Sónia, é muito gira e simpática, e vou continuar sempre a tratá-la bem - passo o paternalismo, já que temos talvez uma década de diferença em termos de idade, pelo menos. A seguir vai-me dizer que por eu ser anónimo não posso dizer que vi fulano ou beltrano na rua ou na televisão. Das duas uma: ou o anónimo das 12:41 é o pai ou o namorado da menina - o que não acredito - ou é apenas uma marialva cavalheiresco bastante confuso e com muito pouco que fazer. Deve ser isso.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Continuo a dizer que o Leocardo e' muito vaidoso, so' gosta de criticar. Tera' espelho em casa?

Anónimo disse...

Sónia,Jornalista.Acho que já sei quem é.Mas Macau é tão pequeno,é fácil descobrir

Leocardo disse...

Vaidoso? Criticar? Quem criticou o quê?

yam chung disse...

Para as precinceituosas, as palavras de Cristo: "Pai, perdoa-lhes, porque eles não sabem o que fazem". Neste caso, elas não sabem o que dizem...

Vingador da Taipa disse...

Ai, Sónia, Sónia! Como gostava de a conhecer. Tenho acompanhado as suas crónicas desde a primeira. E devo confessar: bati várias punhetas a imaginá-la. Imagino-a baixinha, com cabelo curto, rechonchuda e com um ligeiro buço. Portuguesa das boas. Com celulite q.b. e um ligeiro travo a tomei banho ontem disfarçado com perfume Gucci... Deve ser cá uma fogosa!

Carlos disse...

Rsrsrs, mas sim ha Brasileiros com mamas grandes, meu.
Vai ao Orkut e vais ver.
E as que nao forem naturais muitas sao com silicone tb.
Quanto as chinesas, pode se dizer obrigado ao Mc Donald, pois pouco e pouco as Chinesas tao ganhando peito ! Ou entao sera silicone ?

Tudo isso e bonito, mas ainda e preciso chegar a conseguir tocar todo esse material , alem de umas mamas boas, e preciso ainda que a gaja goste de ti !