segunda-feira, 20 de julho de 2009

Não brinquem


Muito se tem falado recentemente da proibição de dar sangue por parte de homens homossexuais. Tanto no Brasil como em Portugal, esta questão tem provocado um aceso debate. Sei que a comissária europeia da Saúde, Androulla Vassiliou esteve em Portugal e garantiu que não existe qualquer directiva especial da Comissão Europeia que exclua os homossexuais do grupo dos dadores de sangue. Ora o que eu penso é o seguinte: os homossexuais são um grupo de risco, e não devem dar sangue. Tão simples quanto isto.

Em Macau o Centro de Transfusões de Sangue fornece um questionário onde se pergunta se no último ano os potenciais dadores tiveram comportamentos de risco, ou seja, comportamentos que sejam passíveis de contrair uma infecção. Nesses comportamentos inclui-se a prática de acupunctura, tatuagens, piercings, relações homossexuais, com prostitutas, transfusões de sangue, partilha de seringas, entre outras. Este questionário não descrimina homossexuais da mesma forma que não descrimina toxicodependentes, meninos de brinquinho, tatuados ou com piercings na língua, ou adeptos de uma boa farra na sauna.

Impedir que este grupo de comportamentos de risco doe sangue é apenas uma forma de garantir a segurança do sangue. É claro que o sangue é depois testado, e essa informação chega ao dador, mas os centros onde se fazem doações de sangue não são clínicas nem hospitais, e o objectivo não é detectar eventuais infecções nos dadores. Ademais, esta interdição de doar sangue é apenas de um ano, período em que se garante que o doador, apesar de ter tido comportamentos de risco, pode voltar a doar sangue. Se isto de doar sangue é mais uma daquelas pelejas dos homossexuais pelos seus "direitos", então escolheram o campo de batalha errado. Isto é demasiado sério para se poder brincar.

13 comentários:

Anónimo disse...

ao eu ainda digo mais, a paneleirada deveria ser toda abatida a tiro

Anónimo disse...

e as prostituta tambem

Mr.pmDias disse...

Boas.
Ser homossexual nao é com certeza um comportamento de risco e muito menos um grupo de risco. Que ignorancia... minha nossa.
Entao um homossexual que tem um unico parceiro é de risco? E se nunca teve relacoes sexuais (virgem)? Ser homossexual é mesmo só isso. Ser algo, como eu sou hetero ou Portugues.
Engracado, nao é descriminatorio, mas as senhoras homossexuais podem doar...
Santa ignorancia!

Maria disse...

Ter relações sexuais homossexuais não é comportamento de risco... ter relações homossexuais (ou heterosexuais)sem preservativo ou outro tipo de protecção contra doenças sexualmente transmissíveis é que sim.
A sério, dizer que os homossexuais são um grupo de risco é pura discriminação e ignorância.

Leocardo disse...

As regras do Centro de Transfusões de Sangue desaconselham (não proibem nada) a não doar sangue caso tenha tido relações homossexuais ou com prostitutas. Com ou sem preservativo. E apenas durante o prazo de um ano. Custa muito cumprir? Ou doar sangue é a nova causa gay, depois do casamento e da adopção? Custa muito respeitar as regras básicas de uma instituição?

Cumprimentos.

Leocardo disse...

Mr. pmDias: ou caso seja heterossexual mas por acaso tenha tido uma relação homossexual fortuita. Não está em causa a orientação sexual. Está em causa o acto sexual em si. Não é descriminação contra ninguém.

Cumprimentos.

Anónimo disse...

concordo perfeitamente, e completamente parvoice nao poder doar sangue so porque se e homosexual!!!! va la saber-se como e que o centro de transfusoes de sangue de portugal e de macau vai saber a verdade se a pessoa decidir mentir!!! nao vao olhar para o olho do dito ou vao??...enfim...completamente ridiculo..ignorante e discriminacao....

Mr.pmDias disse...

Boas!

Claro que nao custa. E até acho muito bem os conselhos disponibilizados pelo centro, mas eu referia-me a si e à "nova" proibicao.
Ora leia lá bem o que escreveu: "os homossexuais são um grupo de risco, e não devem dar sangue. Tão simples quanto isto."
Enfim...

Mr.pmDias disse...

Olá de novo.
Bem, agora estamos noutra.
Queres ver que as infeccoes se espalham melhor entre pessoas do mesmo sexo?
Que caracas... entao e sendo homo e ter tido uma experiencia hetero? Isto agora é que complica o sistema... e a ignorancia.
E sendo hetero com uma unica parceira e ter-me masturbado sem lavar a mao esquerda? Ui...
:)

Anónimo disse...

Para os smarts, na verdade o virus do VIH encontra-se mais entre os hetero, se calhar os hetero e que teriam que deixar de dar sangue devido aos comportamentos de risco...por exemplo engatar umas pinoys no MP4, leva-la para casa e dar-lhe uma pinocada sem camisinha!!!...mas tambem e verdade que devido ao avanco da ciencia o VIH esta alastrar-se entre a comunidade homo, porque os medicamentos hoje em dias estao tao avancados que as pessoas perderam o medo e optam por arriscar...ora, os comportamentos de risco existem quer sejam homos ou heteros, temos que ser nos todos, eu, voce, ele e ela, a respeitar-mos a nossa vida e a vida dos demais e a nao practicar esses comportamentos de risco...e dificil!! e facil!!! nao sei...a verdade e que o virus continua a subir em todo o mundo e existe imensa informacao.

Straight Womanizer disse...

Tal como em vez do lema "Se conduzir, não beba" eu prefiro o seu contrário "Se beber, não conduza", assim também em vez de "Se der sangue, não vá às putas" eu prefiro "Se for às putas, não dê sangue". Se os homossexuais pensassem como eu, não se andava por aí a discutir outra vez o sexo dos anjos.

Big Brother is watching you... disse...

"...não doar sangue caso tenha tido relações homossexuais ou com prostitutas. Com ou sem preservativo..." (sic)

Realmente, o conhecimento científico não pára de evoluir. Ficámos agora a saber, ó ignorantes como eu, que mais vale um gajo ter uma aventura extra-conjugal SEM preservativo com uma desconhecida que não seja puta do que ir COM preservativo a uma puta ou ao cu de outro gajo. Os preservativos deviam ser imediatamente retirados das prateleiras, já que são caros e não servem para nada.

Anónimo disse...

Esta conversa toda nao serve para nada, so espero que os defensores dos homossexuais e putas se um dia precizarem de transfuzao de sangue nao recebam das pessoas que defendeu. Mas nessa altura concerteza que querem ter a certeza disso.