quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Há oito anos...


Macau, 20 de Dezembro de 1999. O último dia do Império.

9 comentários:

Fernando de Chok Van disse...

Caro Leocardo,
Permita-me a pequena correcção:
O último dia do Império foi a 19 e não a 20 de Dezembro de 1999, se é que ainda se podia falar de Império.

Vitório Rosário Cardoso disse...

Que vivam os inimigos da Pátria e Nação portuguesas para que assistam de pé à nossa derradeira vitória!

Viva Macau, o Império e Portugal Sempre!

Armando disse...

Um dia de má memória para todos os portugueses. Principalmente pelo clima que se viveu horas depois.

Um Abraço do Armando

Vitório Rosário Cardoso disse...

Recordados sejam todos os anónimos lusos heróis que pela Cidade do Santo Nome de Deus resgataram a sua Bandeira Nacional! Bem hajam pelo singelo mas sentido e honrado gesto - Honrai a Pátria que a Pátria vos Contempla!

Leocardo disse...

Pois, caro Fernando, isso é apenas um pequeno preciosismo sem importância. Até à meia-noite do dia 19, um minuto depois das doze...a verdade é que o dia 20 é a data de transferência de soberania.

Armando disse...

Por falar em Bandeira, alguém sabe aonde pára a última bandeira que o idiota do Sampaio recebeu das mãos do não mesmo parvo General?

Um abraço do Armando

Vitório Rosário Cardoso disse...

Caro Armando,

Pura e simplesmente o ex-PR sempre se recusou a receber a Bandeira Nacional e o relatório do Governo de Macau, por birra de nunca ter podido nomear um Governador para Macau, à semelhança do seu camarada rival Dr. Mário Sóares.
O material encontra-se com antigo Ajudante-de-Campo do Governador de Macau, Ten. Coronel Tiago de Vasconcelos.
Não obstante, está outra no Museu de Macau em Lisboa, no CCCM.

Anónimo disse...

Curioso video que encontrei no youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=J0wpq1brZVY

Vitório Rosário Cardoso disse...

Caro Anónimo,

Gostou do vídeo? Mais seguirão a evocar todo o antigo Império.
Pois não dá para admitir que não haja material evocativo das nossas grandezas históricas quando os britânicos inundaram o YouTube com o "British Empire".

Saudações,