domingo, 27 de janeiro de 2008

Suharto (1921-2008)


Faleceu hoje aos 86 anos Suharto, segundo presidente da República da Indonésia, um dos mais sangrentos e corruptos líderes da história.

7 comentários:

Vitório Rosário Cardoso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vitório Rosário Cardoso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leocardo disse...

Muito bem, nem por isso o ex-presidente Suharto deixa de ter as mãos sujas com o sangue de 400 mil 'comunistas' (neste tipo de regimes 'comunistas' são os próprios e os suspeitos) e de 200 mil timorenses (quer queira, quer não). Agora se ajudou a desenvolver a economia, não sei, provavelmente terá conseguido, durante 32 anos de poder, fazer qualquer coisinha. Só não se conseguem explicar os biliões de dólares que constituíam a sua fortuna e a vida de "playboy" que o seu filho levava.

Anónimo disse...

Já tinha saudades dos comentarios do VRC, sempre a cheirar á mesma bosta.

lusitano disse...

Morre um autocrata.

Morre um ditador em decadência.

Morre aquele que, sendo considerado o pai do desenvolvimento da Indonésia, foi um dos mais corruptos do mundo.

Morre Shuarto e a sua morte é um momento de libertação da Indónésia.

Morre aquele que deliberou a morte a 1 milhão de opositores ao regime.

Lusitano

Vitório Rosário Cardoso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sufarto do VRC disse...

O VRC é mesmo doente.