quinta-feira, 11 de junho de 2015

É campeão! É nosso! É o nosso campeão!


É campeão! É campeão! O David Kong Cardoso é campeão nacional em Portugal! Corram a avisar os tipos da MFA e digam-lhes que um jogador que eles NÃO formaram em Macau por não existirem competições de futebol infantil e juvenil, e que é da responsabilidade deles organizar foi mesmo assim campeão nacional em Portugal! Quando eles exclamarem todos parvinhos de pança cheia de min toda esticada e os dentes cinzentos e pretos da tabacada "mai-ah! ele joga no Man-fei-ka???", expliquem-lhe que ao contrário daqui, em Portugal e em qualquer sítio do mundo onde as pessoas fazem aquilo para que são pagas, "campeonato nacional" quer dizer o campeonato desse respectivo país, e disputado por equipas de todas as regiões de  norte a sul. Posto isto, o CD Mafra, equipa onde o David alinha, venceu a Zona Sul do Campeonato Nacional de Seniores (CNS), o terceiro escalão do futebol em Portugal, garantindo assim a promoção à liga, juntamente com o vencedor da Zona Norte, o Famalicão, e ainda o Varzim, que foi segundo na Zona Norte e jogou um "play-off" com o seu congére do sul, para decidir a terceira equipa promovida. Apesar de ambos os clubes terem garantido a promoção, esta competição é, como o nome indica, um "campeonato", e por isso é preciso apurar um campeão, as duas equipas encontraram-se num recinto "neutro", ou seja, um estádio que não é "casa" de nenhum delas e disputam um único jogo que se chama "final". Para este confronto entre uma formação do distrito de Braga (Famalicão) e outra de Lisboa (Mafra) a escolha recaiu sobre o Estádio Municipal da Marinha Grande (Leiria), e foi apitado por um árbitro do Porto. São todos estes ingredientes que fazem desta prova um campeonato nacional e da equipa vencedora a campeã nacional - a equipa no colectivo, e cada dos seus elementos a título individual.

Os habituais ranhoso podem dizer que o David Cardoso não joga, ou não é titular, ou o raio que os parta, mas já agora aproveito para recordar que jogou, sim, e que é o elemento mais jovem do plantel que permanece desde o início da época, e só o extremo Rafael Barbas, contratado a meio da época ao AD Nogueirense é mais jovem que ele  - e também "não joga". Isto de jogar ou ser titular não é tudo. Claro que para progredir é necessário demonstrar em competição as suas valências, mas margem de progressão é algo que o David tem para dar, e ainda sobra. Fosse ele "dispensável" e teria sido dispensado numa das janelas de transferências que se abrem durante o ano por um dos três treinadores que passaram este ano pelo clube, que nesse particular teve um percurso acidentado. E não é o único, pois quem pensa que este CNS é uma pêra doce, desengana-se; convindo-o a consultar as fichas dos clubes que o disputaram e ficará boquiaberto com a qualidade que por ali anda. O que se passa é que as resmas de jovens de saem todos os anos dos escalões de formação de clubes como os três grandes, dos que têm pelo menos equipas "B" nos nacionais. ou ainda de outros respeitáveis como o Belenenses,  V. Setúbal, Rio Ave, Académica, etc. acabam nestes Sertanenses, Mafras, Pinhalnovenses e afins, que lutam os problemas de liquidez que são conhecidos de todos. Entretanto os seus lugares na ribalta são ocupados pelos  Jurandimires, Molotovs, Aspegics e Um Bongo com o pretexto de que os jogadores portugueses "são caros". Sim, lá sair caro, isso saem. Contratando os forasteros cujos nomes acabei de caricaturar, e com o "jeitinho" dos agentes dos mesmos (gente fina, acima  de qualquer suspeita, oui, oui) fica mais difícil saber por onde anda o dinheiro dos montantes envolvidos com a transacção dos seus passes.

Mas ignoremos tudo isso por ora, que é dia de festa e folia em Mafra, e para um jovem de Macau que um dia quis fazer o sonho voar. E por enquanto o que importa se é de águia ao peito, de leão altivo ou com a malta saloia do Oeste que ele voa? Depois logo se vê. Força, moço!


1 comentário:

Rui Cardoso disse...

Certíssimo! são palavras como estas que vão dando força para que ele continue a lutar pelo seu sonho. O meu mto OBRIGADO. Rui Cardoso.