sexta-feira, 24 de junho de 2011

Vídeo da semana


Realizou-se a meio da semana uma jornada do campeonato russo, que por razões óbvias realiza-se no verão. A equipa do brasileiro Roberto Carlos, o Anzhi Makhachkala, venceu fora o Krylya Sovetov (literalmente "estrelas sovietes") de Samara, penúltimo classificado, e reparte o quarto lugar com o Dinamo de Moscovo. No último minuto do encontro os adeptos da equipa da casa mandaram uma banana para dentro do campo perto da zona onde se encontrava Roberto Carlos, o brasileiro considerou aquilo "racismo" e abandonou o campo.

14 comentários:

Anónimo disse...

O R. Carlos (ou P. Kapnoc, em russo), tal como muitas outras pessoas de origem africana, deve ter algum problema mal resolvido. Já repararam que nenhum branco diz em público que tem orgulho em ser branco porque isso seria tomado como uma afirmação racista? No entanto, o que mais se houve é pretos a dizer que têm orgulho em ser pretos, e aí a coisa já é considerada normal, é "patriotismo" e tal... Enquanto a mentalidade de pretos e brancos não evoluir e o subconsciente desta gente não aceitar que somos de facto iguais, vai continuar a haver mais pretos amuados por causa de uma banana e mais brancos a atirar bananas precisamente porque sabem que os pretos vão ficar amuados. E cada vez mais vão ser julgados gajos como o Galliano só porque bebeu uns copos e disse umas palermices de ocasião sobre o Hitler e os judeus, ainda por cima tendo-as dito à mesa entre supostos amigos. As próprias leis denominadas "anti-racistas" é que fazem questão em nos lembrar que o racismo existe, não se inibindo sequer de nos coartar a tão badalada "liberdade de expressão", até em privado. Até a mim me apetece atirar bananas perante tanta idiotice...

Anónimo disse...

È muito fácil afectar estes jogadores como o roberto carlos que tem complexo inferioridade por ser preto.Basta atirar bananas pronto já está,o preto fica logo afectado e amuado e chora como uma criança.Se alguém chamar o preto de filho da p### o preto não liga,mas se alguem chamar o preto de preto ou de macaco ou atirar bananas o preto fica logo chateado e já não quer jogar.A fifa corrupta castiga quem atira bananas e quem é racista mas já não castiga quem insulta a mãe do outro

Anónimo disse...

Paneleirices realmente,se é tão fácil afectar os jogadores negros de todas equipas de futebol,aconselho a todos os adeptos levarem bananas aos estádios de futenbol e atirarem bananas aos jogadores negros,assim o jogador fica chateado e sai do campo,é fácil ganhar então.O Roberto Carlos quando saiu do campo já a sua equipa estava a ganhar 3-0 e era no ultimo minuto de jogo,se estivesse 0-0 aposto que ele não saia do campo

Anónimo disse...

O problema não é um adepto branco atirar banana ao jogador preto.Vou dar um exemplo,num fcporto-benfica no estadio dragao o fcporto esta a ganhar por 3-0 e falta um minuto para acabar o jogo então uma adepto do benfica pega nuna banana e atira para luisão,o luisão chateado sai de campo e não quer jogar mais.Acaba o jogo,o fcporto ganha 3-0 mas a liga castiga o fcporto por 3-0 derrota porque atiram bananas para o luisão.

Anónimo disse...

O que aconteceria se o roberto carlos fosse branco e atingido pela banana??

Anónimo disse...

Com tanta gente a passar fome este não aproveitou para comer uma bucha?

Anónimo disse...

Ó anónimo das 23:53, isso é alguma charada para ver quem é que a consegue resolver?

Anónimo disse...

Entao agora e para criticar a quem e tratado de macaco??? Realmente...

Anónimo disse...

Quando se fala de banana para o Roberto Carlos lembro-me sempre deste golo : http://www.youtube.com/watch?v=yofcwPYI8LQ

Anónimo disse...

também diga-se que aos 38, a vontade também já não é muita e tal....

Anónimo disse...

E ganha este macaco 300 mil euros por mes aos 38 anos só para dar uns pontapés nuna bola na russia e depois por causa de uma banana fica chateado

Anónimo disse...

Se eu ganhasse 300 mil euros por mes eu oferecia um camião só de bananas para os adeptos daquele clube que atirou banana ao roberto carlos

Anónimo disse...

E se atirassem a um jogador branco uma maçã ou uma laranja, será que também era um acto racista? Este se calhar preferia um very-light ou uma garrafa nos cornos...

Ha Ha Ha disse...

Se fosse chinoca, atiravam-lhe um saco de arroz, e se fosse tuga era um garrafão de vinho.