quarta-feira, 20 de maio de 2009

Salvo por um berbequim


Agora uma história de heroísmo e engenho que ainda nos faz acreditar na bondade da natureza humana. Um médico na Austrália salvou uma criança com a ajuda de um berbequim. O jovem Nicholas Rossi, de 12 anos, caíu da bicicleta e sofreu traumatismo craniano. Depois de persistentes dores de cabeça e perdas de consciência, a mãe levou-o ao hospital onde o médico de serviço, um tal Rob Carson, detectou um coágulo de sangue no cérebro de Nicholas, que o fazia correr perigo de vida. Sem pensar duas vezes, o médico esterilizou uma broca, arranjou um berbequim e perfurou o crânio de Nicholas, salvando-lhe a vida. Para a delicada operação, o médico contou com a assitência por telefone de um neurocirurgião de Melbourne. Nicholas encontra-se bem de saúde, e já teve alta.

1 comentário:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Grande médico, talvez um dia seja homenageado e lehe será ofertado um berbequim dourado.
Muitos médicos assim poderiam proceder em casos indênticos e assim salvariam muitas vidas.
Parabéns a esse grande Médico.