quinta-feira, 31 de março de 2011

As mães dos filhos e os filhos das mães


Pelo meio dos meus afazeres diários, passei pelo Largo do Senado esta tarde, e foi com este cenário que deparei. Não tive tempo para tirar uma fotografia melhor ou sequer filmar o espectáculo, mas quem por lá passou durante o dia durante as últimas semanas sabe bem do que falo. De um lado estão aqueles gajos liderados por aquele indivíduo que se veste de roupão vermelho e longa barba preta, que protesta contra uma agência de seguros da China ou lá ou que é (já ninguém quer saber bem porquê...). Do outro lado está um grupo de galinhas cacarejantes, quiçá poedeiras, que reclamam a reunificação com os seus filhos da China. Falemos destas.

Entenda-se aqui por “reunificação” o Governo de Macau atribuir residência permanente a indivíduos da China continental sem qualquer tipo de formação académica ou profissional, e que normalmente engrossa o contingente de operários desempregados, ou que não querem trabalhar. Ninguém impede às senhoras que visitem ou que se “reúnam” com os filhos no continente. Podem lá ir e voltar todos os dias, se quiserem. Por isso não dá para entender muito bem algumas atitudes de desespero, como chorarem, atirarem-se para o chão ou dizerem que “preferem morrer a não ter aqui os filhos com elas”. Mais uma vez, por “filhos” entenda-se matulões já com mais de 30 anos e que praticamente não vêm contribuir com nada para a RAEM.

Confesso que a primeira vez que ouvi falar deste problema da “reunificação das famílias” pensei: coitadinhas das crianças. Não se deixem iludir, como eu. Antes as mães cujos filhos lhes foram arrancados do ventre (ena, boa!) protestavam em frente ao Palácio do Governo, na Praia Grande, mas mudaram-se (por causa do frio?) para o Largo do Senado, ao lado dos Correios, mesmo no centro da cidade. Primeiro foram roubar o lugar onde normalmente os filipinos bebem umas jolas e engatam-se uns aos outros (coitados dos filipinos), e depois estão a proporcionar um espectáculo lamentável aos turistas e residentes, com lamentações e ganidos constantes que fazem Macau parecer uma cidade em estado de sítio.

Nem sei como é que o Governo impede que manifestações passem durante alguns minutos pelo Largo do Senado mas não se incomodem com horas deste circo. E isto não é mau para o comércio? Pelo menos alguns estrangeiros vão pensar que sim senhor, Macau é uma cidade muito democrática, porque na China já tinha sido todos corridos à paulada e internados em asilos de malucos. Para ajudar à festa só faltava lá aquela associação dos operários e os Homens da Luta em versão macaense.

A idade da inocência


Um projecto piloto está a ser desenvolvido junto de esudantes do sexo feminino de escolas preparatórias e secundárias na China. O objectivo é ensiná-las a evitarem tornar-se concubinas de homens ricos casados, e aprenderem a triunfar na vida. O projecto educativo vai focar-se na auto-estima, auto-confiança, autonomia e auto-valorização. Lei Yulan, vice-governadora de Guangdong e directora do Comité das Mulheres Trabalhadoras e Crianças da província de Cantão, é uma das responsáveis do projecto: "Esperamos tirar bons resultados deste projecto piloto, e depois aplicá-lo a outros locais na província", disse. O plano foi revelado num simpósio realizado na última segunda-feira, onde Miao Meixian, antiga directora da Escola Secundária Técnica Feminina de Guangdong, criticou o fenómeno que tornou muitas mulheres estudantes universitárias e até licenciadas meras concubinas ou donas de casa. Miao defende que as jovens mulheres tomavam estas opções de vida muito por culpa de falhas no sistema de educação enquanto crianças. Lei Yulan anunciou que o novo Plano Para as mulheres e Crianças da Província de Cantão (2011-2020), já em discussão, vai tentar combater o problema. Os sociólogos louvaram a iniciativa, sublinhando que um programa deste tipo "só pode ajudar".

Colado à cadeira


Um obeso mórbido morreu depois de ter sido encontrado colado a uma cadeira (na imagem) de onde já não saía há dois anos. O homem de 43 anos de Bellaire, Ohio, EUA, foi encontrado sem sentidos no último Domingo pela sua namorada (!). Os paramédicos primeiro tentaram descolá-lo da cadeira, onde a sua pele estava colada com urina, fezes e vermes. Um dos paramédicos sentiu-se tão enojado que mais tarde queimou o próprio uniforme. Jim Chase, um dos paramédicos, diz que "A sala de estar onde o homem vivia na sua cadeira estava imunda, deplorável. É incrível como alguém conseguia vivier assim". Foi necessário fazer um buraco na parede da sala para remover o obeso. A namorada, que vivia com ele e com outro homem, disse à polícia que lhe trazia comida até à cadeira, e que o obeso alegava dores numa das pernas para não se levantar. O homem chegou ao hospital em estado crítico, e viria a falecer.

Criança de 12 anos dá à luz em visita de estudo


Uma menina holandesa de 12 anos deu à luz durante uma visita de estudo organizada pela sua escola. A menina de Groningen, a 183 km de Amesterdão, queixou-se de dores abdominais no dia 22 de Março, durante uma excursão com os colegas. Os professores aperceberam-se que a menina estava a entrar em trabalho de parto, e chamaram uma ambulância. Os médicos, sem tempo de levá-la para um hospital, levaram-na para um edifício próximo do local, onde realizaram o parto. A jovem mãe foi depois levada para o hospital, mas recusava-se a dizer o nome do pai da criança. Segundo alguns familiares, o pai da jovem tinha abusado sexualmente da sua meia-irmã mais velha, e cumpriu dois anos de prisão pelo crime. A menina vivia com o pai e com um irmão depois de terem ganho a custódia sobre a mãe, uma surinamesa. A meia-irmã outrora abusada pelo pai, agora com 30 anos, diz-se chocada com o sucedido, e no descarta a possibilidade de lhe ter feito o mesmo. A polícia holandesa afirma que a jovem terá ficado grávida quando tinha apenas 11 anos, o que já é por si um crime. De acordo com o artº 244 do Código Penal holandês, ter relações sexuais com um menor de 12 anos é uma ofensa punível com prisão. As autoridades estão agora a investigar a paternidade da criança, juntamente com a Comissão de Apoio ao Menor.

Vale uma apostasia?


Apostasia. Cada vez mais católicos anulam batismo porque não acreditam em Deus, ou no Deus da Igreja Católica, e não querem ser contabilizados no rebanho. Portugal tem movimento no Facebook. Igreja desvaloriza casos e põe a culpa nas seitas.

A caminho de Dusseldorf: Amaury Vassili


A França aposta este ano forte na vitória no Festival da Eurovisão, que lhe vem fugindo desde 1977, quando Maire Myriam venceu com "L'oiseu et l'infant". Para Dusseldorf os franceses vão mandar Amaury Vassili, um tenor de 21 anos que se celebrizou em 2009 com o seu álbum "Vincero", com o tema "Sognu" (sonho), completamente interpretado em corso. Esta não é a primeira vez que a Córsega representa a França, pois em 1993 Patrick Fiori levou o seu "Mama Corsica" ao quarto lugar em Dublin.

quarta-feira, 30 de março de 2011

Alan Tang: morto, Jackie Chan: vivo


Defunto.


Vivinho da Silva.

Morreu ontem o actor Alan Tang Kwok-Wing, um dos galãs do cinema honconguense nos anos 70 e 80. Nascido em Guangzhou em 1946 participou em mais de 60 filmes desde 1964. Um dos seus maiores sucessos recentes foi o filme "Flaming Brothers", de 1987, onde contracenou com Chow Yun-Fat. Alan tang terá morrido de paragem cardíaca durante o sono. Curioso foi como a notícia foi distorcida e aproveitada nos Estados Unidos. Vários websites online noticiavam que tinha sido Jackie Chan que teria morrido de paragem cardíaca num hospital em Los Angeles, o que se veio a comprovar mais tarde ser uma "brincadeira". A notícia dizia mesmo que o coração de Chan não teria resistido à exigente agenda social do actor, que vinha promovendo o seu mais recente filme, "Kung Fu Panda 2". No momento da morte de Tang, Jackie Chan encontrava-se em Hong Kong com o cônsul-geral do Japão em Hong Kong, Yuji Kumamaru, para combinar os detalhes de uma gala de beneficência para as vítimas do terramoto e Tsunami de 11 de Março no Japão.

Bóbó no táxi


Uma mulher em Hong Kong que não tinha dinheiro para pagar o táxi ofereceu sexo oral ao taxista. Depois deste ter recusado, a mulher roubou-lhe o telemóvel e saíu a correr do táxi. Liu Wuxiu, de 45 anos, originária da China continental, foi condenada por solicitação de sexo e obstrução da autoridade, mas foi ilibada da acusação de roubo, num julgamento que decorreu na última segunda-feira no tribunal de Kowloon. Segundo a acusação, Liu e uma outra mulher apanharam um táxi em Waterloo Road em direcção a Tai Wai em 29 de Dezembro do ano passado, pelas 15:45. Mais tarde disseram ao taxista que só tinham HK$50, que não era suficiente para pagar a tarifa. Liu ofereceu sexo oral ao tacista de 47 anos, em troca de uma "boleia", mas este rejeitou. Apesar da recusa, Liu tirou a roupa e começou a tocar os genitais, peito e face do taxista, enquanto a amiga encorajava o homem a aceitar a oferta. O taxista ordenou às duas que saíssem do táxi, aceitando HK$18 e deixando-as no meio do caminho, em Kowloon Tong. Foi aí que se apercebeu que lhe faltava o telemóvel, no valor de HK$1500. Voltou atrás para apanhar as mulheres, mas a amiga de Liu conseguiu fugir. Liu ainda ofereceu HK$2000 (de recordar que a mulher ofereceu sexo oral para pagar uma viagem de táxi) para o taxista não chamar a polícia, mas em vão. A leitura da sentença foi adiada, enquanto Liu se mantém em custódia policial.

Jesus aparece numa pizza


Jesus manifesta-se de todas as formas na nossa vida, e sim, até numa pizza. Pelo menos é isso que pensam os proprietários de uma pizzaria em New Farm, Brisbane, na Austrália. Maree Phelan, dona da loja "Posh Pizza", diz que o Salvador escolheu uma pizza de três queijos como medium para dizer olá ao mundo. A pizza-jesus parece ter mesmo uma espécie de efeito milagroso, pois no mesmo dia que veio ao mundo imaculada e sem pecado do forno da pizzaria, a proprietária estacionou numa zona proibida e não apanhou uma multa! Alguns internautas acham que a pizza é mais parecida com Caleb Followill, vocalista da banda "King of Leon", ou com os actores Viggo Mortensen e Christian Bale, enquanto a Igreja australiana ri-se do assunto (não se ria tanto se fosse uma pizza pedófila, mas pronto...). Seja como for, o altar da pizza-jesus é agora o eBay, onde pode ser adquirida pela melhor oferta.

A caminho de Dusseldorf: Izhar Cohen


Foi em 1978 que Israel venceu pela primeira vez o Festival da Eurovisão, com Izhar Cohen e o seu inconfundível "A-Ba-Ni-Bi", uma das minhas (nossas?) canções da infância. A vitória israelita causou alguns problemas entre os países do norte de África e do Médio Oriente que não participaram, mas assistiam ao show. Na Jordânia a transmissão foi interrompida antes do final da votação, e quando foi retomada anunciou-se que o vencedor foi a canção belga, "L'amour ça fait chanter la vie", de Jean Vallée, que terminou em segundo lugar. Uma curiosidade do caraças. Como estávamos em 1978 e Portugal vivia uma espécie de revolução hippie atrasada, os representantes nacionais foram os Gemini com "Dai li dou (papagaio voa)", que ficou em 17º lugar entre 20 concorrentes.

Levaram o morto à bola


Fanáticos do futebol colombianos levaram o cadáver de um adolescente assassinado a um jogo de futebol, no distrito de Norte de Santander. O corpo de Christopher Jacome, de 17 anos, foi levado dentro de um caixão ao estádio General Santander, em Cututa, durante o desafio do último Domingo entre o Cucuta Deportivo e o Envigado. O jovem é um fã leal do clube local, e pertencia à claque da "Barra del Indio" - um grupo conhecido na Colômbia pelos comportamentos hooliganistas em estádios de futebol, e foi baleado várias vezes enquanto jogava futebol num parque no último Sábado.


Depois do velório, os seus amigos da "Barra del Indio" levaram o cadáver da casa funerária e levaram-no em parada para o estádio onde "prestaram homenagem ao adepto". O médico do Cucuta Deportivo, Julio Rivera, disse à imprensa: "Não deixam entrar os "barras" (fanáticos), mas deixam entrar um morto. Este é o único sítio do mundo onde isto acontece". O Coronel Alvaro Pico, da policia local, diz que a morte do jovem não está relacionada com as claques de futebol, mas com outras actividades criminais realizadas na zona onde ele vivia. O acontecimento causou grande desconforto em Cucuta e os responsáveis do estádio vão organizar uma busca para descobrir os culpados. O Coronel Pico diz ter identificado alguns indíviduos que levaram o corpo da agência funerária.

Portugal vence Finlândia (o país, não o vodka...)


Portugal derrotou ontem a Finlândia por duas bolas a zero em encontro de preparação para o Euro 2012, realizado em Aveiro. Na falta de Cristiano Ronaldo, e debater-se com mais uma lesão, outro madeirense brilhou com as cores nacionais: Rúben Micael. O médio-centro do FC Porto, que poucas vezes é titular na equipa de André Villas-Boas, fez a sua estreia absoluta pela selecção "A" e marcou dois golos. Portugal fez uma partida muito mais interessante que a do último Sábado, mas é preciso perceber que do outro lado estava a equipa finlandesa. Fosse isto antes em hóquei no gelo...

terça-feira, 29 de março de 2011

É a crise, pá!


Enquanto que em Portugal só se fala da crise, do FMI e da miséria, em Macau o Governo poderá anunciar na próxima sexta-feira mais um pacote de medidas de combate à inflação, que poderá incluir mais um programa de distribuição de dinheiro. Mais dos tais cheques a que os residentes do território têm direito sem precisar de mexer um dedo, simplesmente na base do "existo, logo tenho um cheque". É como se o Natal fosse quando o homem (o Chefe do Executivo, neste caso) quiser. Como na sexta-feira é dia 1 de Abril, ficamos sempre sem saber bem se é uma brincadeira, mas como o Executivo não é conhecido pelo seu sentido de humor (no melhor e no pior), julgo que tudo o que for anunciado será verdade, verdadinha.

Mal posso esperar, um fim-de-semana a pensar em mais maçaroca que vai cair direitinha aqui na conta do je, mesmo que não tivesse contribuido para isso com uma gota de sangue, suor ou lágrimas. A malta lá no rectângulo olha muito para Macau como o paraíso fiscal onde ninguém trabalha e o jogo paga tudo. Isso até podia ser verdade, não fosse pelos neguinhos de Portugal que ainda vão chegando aqui ao território (cada vez mais, ultimamente), e apercebem-se que afinal não é só ficar na esteira de boca aberta à espera que as doces uvas caiam na boca. Mas os que conseguem ir ficando, percebem que tudo é muito mais fácil, até trabalhar, se não tivermos as distâncias, as greves dos transportes, a criminalidade, o salário que nunca chega até ao fim do mês, os políticos burros e toda essa salada russa que anda lá pelo nosso país.

Faz-se uma crítica com a qual concordo plenamente: os trabalhadores de Macau abdicam muitas vezes de direitos em troca de estabilidade profissional, reclamam pouco, mesmo quando devem, são egoístas, mesquinhos e em muitos casos unha-de-fome. Realmente seria muito complicado pedir a um português em Portugal que trabalhasse 12 horas por dia de segunda a sábado com apenas 12 dias de férias anuais pagas em troca de 500 euros mensais. A economia aqui anda um pouco a empurrão, e existe uma grande fatia da mão-de-obra (a esmagadora maioria?) que não tem educação superior, em muitos casos nem a secundária, e que se contenta com pouco. Naturalmente que dentro deste espectro, um cheque de cinco ou seis mil patacas vindo do nada resolve muitos dos problemas

Mas sendo que Macau não é um país independente, o que pensará a China desta distribuição tão directa de pão pelo povo? A China se calhar não se importa de deitar fora uns trocos em nome da estabilidade social. É que se por um lado há aqueles que trabalham e querem manter o emprego, e depois há os outros que não têm emprego e não se calam enquanto não (lhes) arranjam um. Em Macau o direito à greve está previsto na Lei Básica, mas não foi legislado, mas o direito à manifestação existe, e é uma dor de cabeça para o Executivo local, pois cria (lá está) INSTABILIDADE SOCIAL. Esse monstro. E nestes dias nem falem à China de instabilidade social, que eles estão muito ocupados a seguir os acontecimentos na Líbia e no Oriente médio, que naturalmente os preocupam.

Gostava mesmo de ver mais portugueses novos a chegarem a Macau para trabalhar. Gente diferente que viesse aqui ajudar um pouco, que viesse ver o que isto é. Portugueses da nova geração que seja gente educada, bem preparada, com vontade de trabalhar. Que venha na área do direito, do ensino, da pastelaria, seja do que for. Olha, o que fazia mesmo falta eram publicitários de jeito, que aqueles anúncios do IACM estão cada vez piores. Os que preferem ficar aí a reclamar da vida e ainda por cima a mandar bocas para a malta que está em Macau, olha, paciência, não há cheques para vocês. Ah sim, e enquanto isso, o metro de Lisboa está outra vez paralisado. Paciência, pá, camaradas!

Sangue frio


Cinco polícias do estado brasileiro do Amazonas foram detidos depois da divulgação de imagens que mostram os agentes a balear um jovem de 14 anos completamente desarmado. O crime ocorreu em Agosto do ano passado em Manaus, mas só há pouco tempo as imagens vieram a público. No vídeo os agentes agridem o jovem antes de dispararem cinco turos no seu peito. O rapaz sobreviveu e está agora sob o plano de protecção de testemunhas, juntamente com a sua família. A família e a pessoa que filmou o incidente adiaram a divulgação das imagens por temerem retaliações.

Tsunami no Japão


Tenho-me abstido de publicar aqui vídeos do tsunami de 11 de Março no Japão, porque a maioria são de baixa qualidade, cheios de tremideira e parecem todos mostrar mais ou menos a mesma coisa. Contudo este vídeo colocado no Domingo no YouTube parece ser de longe o que mais fielmente reproduz a força destruidora do tsunami, foi "eleito" o melhor, e não podia deixar de partilhá-lo. São imagens (repito, claras) recolhidas no porto de Kesennuma.

A caminho de Dusseldorf: Grande 69


Foi um ano em grande para o Festival da Eurovisão, o de 1969. Ainda faltavam alguns meses para Woodstock, mas no Teatro Real Madrid, em Espanha, já tinha havido festival hippie à europeia. E foi tão bom que em vez de um vencedor, houveram quatro. As canções francesa, espanhola e holandesa estavam empatadas em primeiro lugar cm 18 pontos antes da votação decisiva da Finlândia, que resolveria o vencedor. Mas lá na Finlândia não simpatizaram muito com nenhuma das três e ainda deram um ponto à representante britânica, que estava exactamente um ponto atrás, e a confusão ficou ainda maior. Perante isto, os senhores da Eurovisão ficaram com as calças na mão, pois não existia um método de desempate. Perante este absurdo, foram declarados quatro vencedores: "Un Jour, Un Enfant", de Frida Boccara, pela França; "Boom Bang-a-Bang", da escocesa Lulu, pelo Reino Unido; "Vivo Cantando", de Salomé, pela Espanha; e "De Troubadour", de Lenny Kuhr, pelos Países Baixos. Esta última é a que vos deixo, pois é de todas a melhor, e declaro-a vencedora oficial e não disputada do louco Festival da Eurovisão de 1969.

PS: Portugal foi representado por Simone de Oliveira com "Desfolhada portuguesa" que obteve um excelente penúltimo lugar com 4 pontos. É porque foi um ano mesmo muito bom. Lol.

segunda-feira, 28 de março de 2011

"Stôr" de Mourinho está em Macau


Quem está por Macau é o prof. Manuel Sérgio, professor de Filosofia do Desporto na Faculdade de Motricidade Humana (ex-ISEF), e que teve como aluno o ilustre treinador português José Mourinho. Manuel Sérgio tornou-se mais conhecido em 1991 quando concorreu às eleições legislativas em Portugal pelo PSN (Partido da Solidariedade Nacional), conseguiu quase 100 mil votos e tornou-se deputado. O Partido foi fundado em 1990 com uma plataforma ligada principalmente à defesa dos direitos dos cidadãos aposentados e da terceira idade em geral, mas desintegrou-se em 2002, depois de ter perdido a sua grande base de apoio. Manuel Sérgio, antigo militante do PCP, cumpriu o mandato muito discretamente, retirando-se em 1995 para continuar a carreira académica a tempo inteiro. O professor falou hoje na UMAC, vai falar amanhã no Instituto de Desporto e na quarta-feira na Escola Portuguesa de Macau. Veja aqui o extensivo currículo de Manuel Sérgio.

Jiang Zemin apoia Futre


O presidente chinês confirmou as declarações alucinantes de Paulo Futre! Uma ideia engraçada do vlogger (?) SalsichaaMetro, com o único senão de Jiang Zemin já não ser presidente da R.P. China desde 2003. Mas pronto, é engraçado na mesma.

Perdoem a mamãe


Uma história que está a chocar o Brasil. Cibele Dorsa, modelo, actriz e escritora de 36 anos, suicidou-se saltandoo do sétimo andar do mesmo prédio onde em Janeiro se sucidou o seu noivo, o apresentador de TV Gilberto Scarpa. Cibele deixou uma nota de suicídio à família e especialmente aos filhos, intitulada "Perdõem a mamãe", onde se lia:

"Perdoem a mamãe, mas, a solidão é uma prisão terrível, é como se eu estivesse trancada dentro de mim mesma, estou cansada, sinto muito a falta de vcs mas, confesso que com o Gilberto aqui era mais fácil suportar, eu o amo muito, não sei nem como posso continuar... aqui em casa ficou frio, me sinto fora do meu corpo às vezes, e, isso me dá uma pausa na dor, só que depois volta em dose mais pesada. Faz algumas semanas que sinto uma leveza no corpo, como se eu estivesse já com um pouco de aus~encia do mundo terreno. (...) Amo vcs e estarei olhando vcs (...) meu sonho é encontrar o Gilberto em Aruanda e virar guia espiritual. Vivi, ainda vamos nos encontrar em outras vidas, munca te bandonei, seu pai fez um plano milionário para tirá=la de mim, não tive saída. Fe, idem... vou estar torcendo por vc no futebol, na realização de seus sonhos.. O inacabado, o interrompido tem que ter um fim."

Cibele foi capa da Playboy Brasil em Abril de 2008, e poucos meses depois sofreria um acidente de viação que mudaria toda a sua vida. O acidente tiraria a vida ao condutor, e causou em Cibele ferimentos graves que a levaram a três penosos meses de convalescença que contou no livro "5:00 da manhã", uma referência à hora do acidente. Cibele tinha dois filhos de dois casamentos anteriores, um rapaz de 12 anos e uma menina de oito.

Bend it like Rogério Ceni


szólj hozzá: Sao paulo 2-1 Corinthias
O guardião Rogério Ceni, do S. Paulo, comemerou o centésimo golo da sua carreira no campeonato paulista, e logo contra o Corinthians de Liedson, na arena Barueri. O guardião de 38 anos entrou para a história com a cobrança de um livre bem ao jeito de David Beckham. S. Paulo e Corinthians repartem o segundo lugar do paulistão a um ponto do líder Palmeiras.

Macho britânico


Uma mulher na Inglaterra foi condenada a sete anos de prisão por ter torturado o marido. Murros, marteladas, água a ferver, detergente sobre os olhos e cigarros no nariz eram algumas dos tratamentos que Michelle Williamson aplicava a Ian McNichols (na imagem).

Censura e prisão


Um tribunal tailandês condenou a 13 anos de prisão o administrador de um website anti-Governo, acusado de difaramar a monarquia e violar a lei da criminalidade informática do país. Thanthawut Taweewarodomkul foi condenado a 10 anos pela acusação de difamar a monarquia, crime também conhecido por lesa-majestade, e a mais três anos pela violação da lei de combate à criminalidade informática. Taweewarodomkul, de 38 anos, administrava um website afiliado com o movimento dos camisas vermelhas, cujas demonstrações violentas nas ruas no ano passado terminaram em confrontos com a polícia e o exército. A constituição tailandesa garante liberdade de expressão, mas o Governo bloqueou milhares de websites considerados "subversivos". Na Tailândia vigora ainda o arcaico crime de lesa-majestade, que pune com prisão qualquer tentativa de sublevação contra o rei ou a instituição monárquica. A lei tem sido muitas vezes utilizada para silenciar vozes incómodas e afatsar adversários políticos.

Ordem para adulterar no México


O adultério pode ser ainda considerado um pecado, e em alguns países ainda é punido até com a morte, mas no México vai deixar de ser crime. O senado mexicano revogou a lei do Código Criminal que pune o adultério com dois anos de prisão. Os senadores votaram a favor o fim de uma lei que apesar de raramente ser aplicada, encontra-se ainda nos livros. Pablo Gomez, do Partido Democrático Revolucionário, diz que a lei fazia parte de um contexto histórico ultrapassado que tornava as mulheres "propriedade" dos homens. A proposta para a alteração da lei vai ser agora ratificada pelo presidente Felipe Calderón.

Ovelha dá à luz um cão


Uma ovelha na China deu à luz um cão. Pelo menos é isso que afirma Liu Naiying, que tem recebido visitas de toda a parte para que se veja este fenómeno do Entroncamento chinês. Liu diz que deparou com uma das suas ovelhas a dar à luz uma criatura que não era bem ovelha, e não era bem cão. "Estava a pastar as ovelhas, e subitamente vi uma das ovelhas a lamber a sua cria recém-nascida", conta Liu, que "ficou chocado quando viu aquela criatura", e que afiança, "nunca viu nada de parecido" em 20 anos de pastorícia. O comportamento do animal lembra mesmo o de um cão (desconhece-se se ladra). Os veterinários já vieram assegurar que é impossível uma ovelha dar à luz um cão, mas isso não impede que milhares de curiosos se desloquem a Fugu, na província de Shaanxi, para ver o cão-ovelha. De acordo com o Centro de Tecnologia Pecuária e Animal de Xi'an, o mais provável é que Liu tenha ali apenas "uma ovelha anormal".

A caminho de Dusseldorf: Sandra Kim


A Bélgica venceu apenas uma vez o Festival da Eurovisão, com Sandra Calderone, conhecida pelo nome artístico de Sandra Kim, que aos 13 anos se tornou a mais jovem vencedora de sempre. A canção "J'aime La Vie", um hino à vida na perspectiva de uma adolescente, triunfou na Noruega em 1986, num ano bastante fraquinho, e em que as três canções do pódio eram todas intepretadas em francês. Em 1989 Israel mandou um menino de doze anos, e a França uma pequena de 11, e antes que o Festival se tornasse no programa de eleição no Vaticano, foi imposta uma regra de que nenhum concorrente pode ter menos de 16 anos completos no ano do concurso. Sandra Kim prosseguiu uma curta carreira discográfica e é actualmente casada pela segunda vez com Jurgen Delanghe, de quem tem dois filhos.

Liga de Elite de Macau - 7ª jornada (com comentários extensivos!)


Teve lugar este fim-de-semana mais uma jornada da fantástica Liga de Elite de Macau, que se realiza no Estádio de Macau na ilha da Taipa, e tem uma assistência média de 50 pessoas (jogadores suplentes, staff, familiares, amigos e namoradas dos jogadores).

A sétima jornada arrancou na sexta-feira, com a confirmação da jovem equipa de sub-23 da AFM a golear a Polícia por cinco bolas a uma. Aliás este resultado é pitoresco; os "putos" da AFM a darem uma ensaboadela na malta da bófia, que tem todos os anos uma equipa consistente. Leung Ka Wai marcou mais quatro golos e seria um sério candidato à Bota de Ouro Asiática, caso tal existisse e a liga macaense fosse realmente levada a sério. Os sub-23 somam e seguem, com seis vitórias e um empate em sete jogos, e com o FC Porto de Macau e o Monte Carlo pela frente até ao final da primeira volta. Se um estrangeiro lhe perguntar quem lidera o campeonato de Macau, a resposta é: "A selecção de sub-23". Não soa bem, pois não? A Polícia, apesar de ocupar o quinto lugar com dez pontos (à frente do Lam Pak, ultraje!) tem o pior ataque do campeonato. Os srs. polícias só acertaram na baliza seis vezes em sete jogos, demonstrando que mais umas horas de treino na carreira de tiro não fariam mal nenhum.

No Sábado realizaram-se mais dois jgos, a abrir depois do almoço com uma goleada do Hong Ngai sobre o Hoi Fan por sete bolas a duas. Um resultado de todo surpreendente, pois ambas as equipas estavam separadas por um ponto nos lugares do fundo da tabela. Foi também a segunda goleada seguida imposta pelo Hong Ngai, depois dos 9-2 da semana passada frente ao Pau Peng. Antes disso o Hong Ngai ocupava o penúltimo lugar com um ponto, e vinha de uma derrota por 0-7 com o Monte Carlo. O Hong Ngai tem o terceiro melhor ataque da prova, e a segunda pior defesa. Uma equipa que se recomenda a quem gosta de ver golos.

A seguir veio o prato forte do dia, o Windsor Arch Ka I-FC Porto de Macau. Rui Cardoso vs. Dani Pinto. A versão macaense do duelo Alex Ferguson/Arsene Wenger. Ora bem, o resultado foi de 5-2 para o Ka I, o que não surpreende tanto atendendo que a equipa de Rui Cardoso é de longe melhor apetrechada que os azuis e brancos, tanto em termos de jogadores como em termos de condições económicas. De recordar que na época passada o jogo terminou em 5-0 para o Ka I, numa partida marcada por uma série de equívocos do guardião portista, pelo que 2-5 pode-se considerar uma ligeira melhoria. Foi a primeira derrota do FCP Macau esta temporada na liga, mas a equipa de Dani parece ter o seu calchanhar de aquiles na defesa: 13 golos sofridos em sete jogos demonstra que a maior tremideira do Dragão macaense é na traseira. Mesmo assim o quarto lugar com 14 pontos é uma classificação dentro das expectativas.

Ontem jogaram as duas piores equipas do campeonato: Pau Peng e Lam Ieng, últimos classificados e únicas equipas ainda sem vitórias. E assim continuaram, uma vez que o jogo acabou empatado a três bolas. Valeu para o Lam Ieng, que conquistou o seu primeiro ponto, e marcou quase tantos golos neste jogo quanto no resto do campeonato. O Pau Peng, clube também conhecido por "Artilheiros", tradução portuguesa, é um cliente habitual da primeira liga, mas prevê-se que este seja mais um ano com o coração nas mãos. O Pau Peng chegou a ser campeão de Macau em meados dos anos 90, e tem uma enorme tradição no campeonato da bolinha.

A jornada terminou com a vitória do Monte Carlo sobre o Lam Pak por duas bolas a zero. O Monte Carlo, um dos gigantes do território, somou a quinta vitória consecutiva desde a chegada do contingente brasileiro e do treinador português Paulo Bento (outro Paulo Bento, não esse que estão a pensar). O clube de Firmino Mendonça ocupa o terceiro lugar a dois pontos do líder e é uma das duas equipas ainda invictas do campeonato, e tem uma defesa de betão, com apenas dois golos consentidos. O Lam Pak está a passar uma crise talvez inédita: quarta derrota consecutiva e sexto lugar no campeonato. O Lam Pak é o clube ainda em actividade com mais títulos no território e é um habitual cliente dos primeiros lugares. É preciso atender à qualidade dos recentes adversários dos "azul-e-branco" (Ka I, sub-23, FCP Macau, Monte Carlo) e ao facto das derrotas não terem sido expressivas (1-2, 0-1, 1-3, 0-2). O Lam Pak ultrapassará sem dificuldades este período difícil.

Classificação:

1 Macao U23 7 6 1 0 19-4 +15 19
2 Windsor Arch Ka I 7 6 0 1 28-9 +19 18
3 Monte Carlo 7 5 2 0 23-2 +21 17
4 Porto 7 4 2 1 19-13 +6 14
5 Polícia 7 3 1 3 6-11 -5 10
6 Lam Pak 7 3 0 4 14-11 +3 9
7 Hong Ngai 7 2 1 4 21-28 -7 7
8 Hoi Fan 7 1 0 6 8-28 -20 3
9 Artilheiros 7 0 2 5 11-29 -18 2
10 Lam Ieng 7 0 1 6 7-21 -14 1

domingo, 27 de março de 2011

Nova Zelândia vence HK Sevens, Portugal com participação positiva


A selecção da Nova Zelândia é a grande vencedora da edição de 2011 dos Hong Kong Sevens, cuja final se realizou esta tarde na RAEHK. Os neo-zelandeses afastaram Portugal (33-5) e as Ilhas Fiji para chegarem à final contra a Inglaterra que venceram por 29-17, com mais uma grande demonstração de classe. Portugal, como já foi dito, ficou afastado da discussão da Cup e mais tarde foi afastado pela África do Sul da discussão da Plate, depois de uma derrota por 5-28. Os sul-africanos viriam a sagrar-se vencedores da segunda taça mais importante, ao derrotarem a Austrália na final por 26-19 - um jogo emocionante com incerteza no resultado até ao último segundo. Uma participação muito positiva dos "lobos", que tiveram a oportunidade de jogar contra algumas das melhores equipas do mundo.

Vettel vence em Melbourne


O alemão Sebastian Vettel começou hoje da melhor forma a defesa do título mundial de F1 ao vencer o GP da Austrália, em Albert Park, Melbourne. O piloto da Red Bull já tinha sido o mais rápido durantes a qualificação, e não deu qualquer hipótese à concorrência na corrida de hoje. Em segundo lugar ficou o britânico Lewis Hamilton, em McLaren, e em terceiro uma surpresa, o russo VItaly Petrov, em Renault, logo à frente do Ferrari de Fernando Alonso. Mark Webber, Jenson Button, Sergio Perez, Kamui Kobayashi, Filipe Massa e Sebastian Buemi fecharam os pontos. A próxima prova do mundial realiza-se a 10 de Abril na Malásia.

Confusão no Sporting


Parece que foi uma noite longa para os lados do Estádio José Alvalade, onde se realizaram ontem as eleições para a presidência do Sporting. Pouco depois da meia-noite registaram-se confrontos entre a polícia e elementos da Juve Leo, que tentaram invadir a sala de voto. Bruno Carvalho foi anunciado vencedor depois de uma sondagem à boca das urnas, mas depois da recontagem dos votos a lista de Godinho Lopes foi declarada vencedora com uma vantagem de 0,4% dos votos. Siga aqui a cronologia dos eventos, no Record.

Portugal empata com Chile


Highlights - MyVideo
Portugal empatou ontem à noite frente ao Chile a um golo em jogo particular disputado em Leiria. Silvestre Varela deu vantagem a Portugal aos 16 minutos, mas o sportinguista Matías Fernandez empataria para os chilenos aos 42, com um belíssimo remate de longe. Portugal alinhou de início com Rui Patrício, João Pereira, Rolando, Ricardo Carvalho, Fábio Coentrão, Carlos Martins, Raúl Meireles, João Moutinho, Varela, Nani e Hélder Postiga.

sábado, 26 de março de 2011

Os blogues dos outros


Imagino o ar de cão sem dono, de coitadinho, com que este animal anda hoje em Bruxelas. Todos a passarem-lhe a mão no pêlo, ele a dizer que quis jogar à bola com os outros meninos e ninguém quis brincar com ele. Já vais tarde, muito tarde, para mal deste país.

Francis, O Dono da Loja

Anda p’raí um gajo chamado Jel (!) que me tem trazido abismado. Ora bem, a ver se a gente se entende. Inicialmente pensei que o boneco criado pelo tipo visava o óbvio: ridicularizar os sebosos saídos da revolução de Abril e o seu seguidismo cego a ideologias em extinção. Mas eis que não! Aproveitando a fase de demagogia e sensacionalismo que se vive na pátria Lusa, guindou-se à condição de líder contestatário, usando e abusando de lugares-comuns gastos e apatetados, mas aplaudido freneticamente pela turba cosmopolita, indolente e acrítica - cujo slogan maior, à boa maneira abrilista, é o "quero que me dêem" em detrimento do "vou fazer". Se o sujeito em causa é de uma asnalidade estrondosa, pobre o povo que se revê numa figura destas e que lhe dá tempo de antena. Em parte, explica o porquê de Portugal estar na posição periclitante em que se encontra. Isto já não é coisa que se resolva com o FMI. Há anos e anos de irresponsabilidade e de défice intelectual que já são mais do que um mero problema conjuntural.

VICI, MACA(U)quices

Adorava saber onde Futre foi buscar aquela ideia dos charters com 400 a 500 chineses rumarem todas as semanas a Lisboa para ver o suposto melhor jogador chinês da actualidade. Sabendo que existem pessoas ligadas a Macau na candidatura de Dias Ferreira, ainda se torna mais estranha tal ideia, pois eles deveriam saber que tal apenas seria possível se construíssem um mega casino e centro comercial nas imediações de Alvalade.

Hugo, Hotel Macau

Não fosse ter sido eu a vítima e acharia, como outros, que sim, os jornalistas têm a mania da perseguição aqui. Mas o meu email também deixou de funcionar seguindo a tendência. Agora, aproveitando o momento, é tudo culpa do sismo no Japão e no Sábado alguém fora do mundo jornalístico me diz - desde o sismo que o meu gmail não funciona. Por regra tento não teimar e acedi que sim, "ouvi dizer que houve um cabo que se danificou", o que é verdade mas dizia era respeito a Taiwan. As queixas têm chegado de todos os sítios e pessoas, desde as amadoras como eu, aos mais profissionais que percebem que, de facto, algo se passa com o gmail aqui deste lado. E agora a resposta na notícia da BBC que remete para o blogue da Google. É que a Google também já deve estar farta de receber queixas vindas sempre do mesmo local e 1+1 não é só na China que há engenheiros a trabalhar na internet...

Maria João Belchior, China em Reportagem

Como sabem eu escrevi aqui que preferia que o Governo só caísse após a cimeira europeia que aprovaria as medidas para financiar Portugal. Mas não confundamos as coisas. Não é a demissão de Sócrates e a chamada "crise política" que nos pôs nos juros da dívida pública a 8%, Não foi a crise política que degradou o nosso rating e que nos arrastou para a iminência da falência. FOI O ENDIVIDAMENTO EXCESSIVO que o Governo do PS, em meia dúzia de anos, provocou. Foi o ENDIVIDAMENTO ACIMA dos 80% do PIB que nos pôs na crise de dívida soberana em que estamos. Portanto a partir daqui, qualquer coisa que seja resolver o problema é melhor. E Sócrates que provocou o problema, a par com os seus Ministros, não tem credibilidade para o resolver.

Maria Teixeira Alves, Corta-Fitas

Na TVI, desde que José Eduardo Moniz saiu, que a informação mais parece um rebanho sem pastor e sem mestre. Ontem, assisti a um facto inacreditável. O enviado-especial da estação à Libia apareceu a realizar uma reportagem sobre os confrontos entre as tropas de Kadhafi e as dos rebeldes. O jovem jornalista viu-se mesmo que foi atirado aos bichos sem o mínimo de experiência e de conhecimento das regras básicas. Foi escandaloso e quase fatal o que se viu: o repórter a falar sobre os acontecimentos em cima de uma carrinha dos rebeldes equipada com metralhadora. E o repórter estava convencido que efectuava um acto heróico, nem lhe passava pela cabeça que não ficou desfeito por mero milagre. Se as forças de Kadhafi tivessem acertado em cheio naquela carrinha militarizada, lá se ia o repórter e o operador de imagem da TVI para o outro mundo. Como é possível que não haja um rei ou um roque que antes de enviar os repórteres para cenários de guerra não lhes ensinem as regras básicas do que devem e não devem fazer? Como é possível que um repórter se coloque de uma forma suicida no seio (tomando partido) de uma das partes em confronto? O espectáculo doeu-me o coração, porque ser-se jovem jornalista não significa ser kamikase.

João Severino, Pau Para Toda a Obra

Proponho então que admiremos um bocadinho menos os japoneses, sobretudo se isso nos ajudar a reaproximar mais deles. Tanto quanto sei, são tão individualistas como qualquer um de nós. Os jovens gostam de fazer a sua vida, há conflitos de gerações e, nos últimos anos, a tal relação de casamento fiel entre assalariado e empresa tem esfriado. O Japão tem também escândalos políticos e, no metro, as pessoas vão sossegadas, não por serem “todas iguais”, apenas porque vai cada um na sua. E usam transportes públicos porque são mais confortáveis que o individual. Os que conheço são ciosos da sua privacidade e gostam de pensar que pensam pela própria cabecinha. O que os japoneses são, a serem alguma coisa, é bastante práticos. É prático e sensato, em sociedade, ter respeito pelos outros. É sensato, numa crise, não pilhar, gritar, espezinhar. Ter sentido de comunidade, sobretudo num momento difícil para o país, faz um certo sentido. E, quem pede sacrifícios deve estar disposto a fazê-los.

Rui Zink, Rui Zink versos livro

A caminho de Dusseldorf: A Friend in London


Hoje vou apresentar mais uma das canções candidatas este ano, "New Tomorrow", uma balada rock do grupo dinamarquês A Friend in London. Este grupo formado em 2005 em Vostrup canta em inglês, e já fez digressões no Canadá e nos Estados Unidos. A Friend in London (nome estúpido para um grupo) bateram na final dinamarquesa a excelente Anne Noa - numa canção muito melhor - e vão representar o seu país em Dusseldorf. A favorita dos meus filhos cá em casa, mas apesar de ser uma bonita música, tem poucas chances.

Portugal brilha no HK Sevens


Portugal vai disputar pela primeira vez a Cup, a competição mais importante dos Hong Kong Sevens, que tiveram ontem o seu início. Foi nesse dia que Portugal entrou com o pé direito, ao bater a França, um dos candidatos à passagem à fase final, por 12-5. Já hoje os "lobos" não foram felizes contra a Nova Zelândia, perdendo por 12-19, mas bateu a Coreia do Sul por 41-14, foi um dos melhores dois segundos classificados e obteve uma passagem histórica à fase final. Amanhã é o dia das grandes decisões, e Portugal defronta novamente a Nova Zelândia, prevendo-se que seja difícil fazer melhor que isto. Mesmo que Portugal perca com os (fortíssimos) kiwis, existe ainda a possibilidade de disputar a Plate, a segunda taça mais importante, com os restantes derrotados da Cup. Uma participação memorável dos pupilos de Tomaz Morais.

Volta à China


JIANGSU - Um oficial de Yancheng publicou na internet uma lista de subornos que alegadamente lhe foram oferecidos, e que alegadamente recusou. Zhang Xifei, de 42 anos, director da secção industrial da Comisão de Economia e Informação, publicou recibos de seis subornos no total de 9000 yuan que lhe foram mandados desde Outubro. Diz que não recusou imediatamente os subornos porque no queria que os corruptos "perdessem face". O nome dos generosos doadores foi riscado nos recibos publicados. Alguns internautas elogiaram Zhang, enquanto outros pensam que o oficial se está a auto-promover.

JIANGSU - Um spa em Suzhou está a oferecer um programa de 30 dias de "anti-envelhecimento" que custa no mínimo 150 mil yuan. O programa garante que os clientes fiquem dez anos mais novos após o tratamento. O proprietário do spa diz que os efeitos do tratamento não devem ser julgados só pela aparência, e que factores como a pressão arterial ou a saúde cardio-pulmonar são mais notórios.

HENAN - Um homem foi atacado por uma multidão furiosa enquanto espancava o seu filho na última quinta-feira. O homem não conseguiu identificar os agressores, e as testemunhas presente no local recusaram-se a ajudá-lo. O homem foi advertido pelas autoridades por agressão a um menor.

SHAANXI - Três estudantes do sexo feminino de uma escola secundária de Zhouzi foram condenados a penas entre os 4 e os 10 anos de prisão na terça-feira por tentativa de homicídio. As três jovens empurraram uma colega de 16 anos para dentro de um poço seco com 30 metros de profundidade em Maio último. A vítima só viria a ser resgatada uma semana depois. Uma das agressoras entregou-se às autoridades uma semana depois, e denunciou as outras duas.

XANGAI - Três cafés que oferecem gatos vacinados para brincar com os clientes têm tido um sucesso enorme entre os amantes dos animais em Xangai. Alguns clientes podem levar o seu próprio gato de casa para brincar com os gatos do café.

MONGÓLIA INTERIOR - Uma mulher da província de Jilin foi apanhada pela polícia em Changchun e recambiada para a Mongólia Interior para ser julgada por fraude e falsificação. Em Outubro de 2009 a mulher pediu 130 mil yuan emprestados a um mongol e deixou-lhe uma escritura de propriedade como garantia. Depois disso o homem não conseguiu contactá-la mais, e depois de saber que a escritura era falsa, fez queixa à polícia.

O vídeo de Futre


Um leitor chamou a atenção para este vídeo de uma conferência da lista de Dias Ferreira para a presidência do Sporting. Nele vemos Paulo Futre, o homem que Dias Ferreira escolheu para homem forte do futebol leonino, a anunciar reforços para a equipa caso a sua lista seja eleita. Futre não é muito conhecido pelos seus dotes oratórios (é-lhe difícil dizer uma frase com sentido), e aqui também parece estar medicado (será?), tal é a salganhada que até causou o riso de um dos membros da lista candidata. O momento alto é quando Futre anuncia que o Sporting contrará "o melhor jogador chinês da actualidade", e que vai "criar um departamento" só para o jogador chinês. Absolutamente delirante.

sexta-feira, 25 de março de 2011

QUI PANDALHADA! - 熊到發燒 - OH! PANDA MIA!


Nova peça em Patuá integrada no XXII Festival de Artes de Macau.

Data: 20 e 21 de Maio de 2011
Hora: 20H00

...Duarte, funcionário em ascensão nos quadros de uma empresa convertida em fábrica de brinquedos e de artigos decorativos vê-se, de um momento para o outro e sem justificação aparente, afastado das suas funções. A nova e ambiciosa administradora está apostada em levar a mesma empresa a patamares mais lucrativos, por todos os meios ao seu dispor, neste Macau em que tudo passou a girar à volta de um novo símbolo comercial: pandas. Por indesejado destino, é empurrado pelos acontecimentos tornando-se a referência numa luta colectiva contra a nova ordem estabelecida na fábrica.

Uma nova e divertida peça em patuá que fará as delícias do público.

Com legendagem em chinês, português e inglês

Bilhetes à venda na rede Kong Seng a partir do dia 27 de Março

第二十二屆澳門藝術節 -- 土生土語話劇

日期:5月20及21 日
時間:8時正

在毫無跡象之下,公司突然要轉型為玩具和裝飾品製造廠,整個社會彷彿都圍繞著“熊貓”這種新商品而運轉。新上任的女經理野心勃勃,用盡一切手段,要令公司變得更加有利可圖。積極進取的杜阿特不幸成為裁員的犧牲品……

一年一度的土生土語劇,是澳門藝術節上備受關注的“珍貴”劇種,每每以濃郁的本土氣息、輕鬆搞笑的演繹手法,獲得人們的喜愛。

設中、葡、英文字幕

門票由3月27日起於廣星售票網有售

New Patuá play for the XXII Macau Arts Festival

For no apparent reason, Duarte, an up-and-coming worker in a toy and decoration company, is suddenly laid off. In a Macao where everything revolves around the new commercial symbol of the panda, a new and ambitious manager is determined to make the company more profitable at any cost. Duarte now becomes a representative for the collective fight against the newly established factory order.

A new and entertaining Patuá play by Dóci Papiaçám di Macau that will delight the public.

With subtitles in Chinese, Portuguese and English

Tickets on sale from March 27 at Kong Seng Ticketing NetworkSee More

Vídeos da semana




Como não me consegui decidir pelo Vídeo da Semana, escolhi três. No primeiro vemos um cão muito especial, o Denver, que abocanha os snacks do gato e fica com um enorme sentimento de culpa. No segundo temos um bebé que apanha um susto de morte quando a sua mãe se assoa, mas depois começa a rir-se (tão querido...). Finalmente o tal vídeo da "Pior música do mundo", um tal "Friday" de Rebecca Black. A jovem Rebecca canta uma espécie de "pop-tune" adolescente em que o sintetizador de voz é evidente, o vídeo tornou-se viral e já tem 47 milhões de visualizações. Curiosamente já vi músicas piores que esta nos tops. As dos Black Eyed Peas, por exemplo.

A caminho de Dusseldorf: Ruslana


Ruslana Lyzhychko foi um dos anjos mais lindos que agraciou o Festival da Eurovisão. O ano era 2004, a Ucrânia participava apenas pela segunda vez e logo com este "Wild Dances". Vestida de peles, à boa maneira tradicional ucraniana, Ruslana cantou e encantou com um espectáculo de dança e fogo que levou ao delírio a Abdi İpekçi Arena em Istanbul. Depois disso Ruslana gravou um álbum e fez uma digressão também ela chamada de "Wild Dances". Em 2009 venceu o 6º Asia Song Festival, realizado na Coreia do Sul. A recordar.

Provedor do leitor


Como seria de esperar, um grupo de neguinhos ficou agitado por causa do post "Pandalhada na TDM". Agitar os neguinhos da TDM é mais fácil que pescar dentro de um barril. Confesso que de facto não vi o JPM a corrigir a peça, e só falo daquilo que vejo, mas sendo verdade, faço aqui a devida retractação. Contudo um leitor espertalhão deixou o seguinte comentário:

Uiiii, o Leocardo reconhecer que se enganou? Mais depressa o delapidam.

Primeiro, very funny. "Delapidam". Lol. Agora que já rimos da sua excelente piada, vamos falar a sério. Quem se enganou aqui foi a TDM, porque a peça chama-se "Qui Pandalhada" e não "Qui palhaçada", e disto já toda a gente sabia, uma vez que já foi anunciada há duas semanas pelos Doçi Papiaçam. É no mínimo estranho que os profissionais da informação de Macau - onde pouca coisa acontece e uma peça de patuá é sempre notícia - estivessem tão "desligados" do assunto.

Mas toda a gente se engana, pronto, desculpem qualquer coisinha. Ainda ontem no Jornal da Tarde da RTPi passava uma notícia em rodapé a propósito da demissão de José Socrates: "China agradece o EMPRENHO de Socrates". Ainda bem que há quem goste de ser emprenhado pelo Socrates.

quinta-feira, 24 de março de 2011

A tradição já não é o que era (e ainda bem!)


Uma colega minha deu recentemente à luz um lindo rapaz, e fui visitá-la ao hospital, onde conheci a restante família, um grupo de neguinhos chineses super-simpáticos. Agradeceram o “incómodo”, e ficámos lá a trocar dois dedos de conversa, e fiquei a saber que esta minha colega e o marido são casados há quase 10 anos, e resolveram só agora acrescentar à família, pois este era o primeiro filho de ambos.

Debati este assunto com outra colega esta manhã, que diz que “não há nada de estranho”, que “quiseram viver a vida primeiro” e depois só agora ter filhos. Retorqui que sim senhor, tudo muito bem, mas que para isso não seria necessário casar, e o que propósito do casamento entre duas pessoas que se amam (deixemos aqui de fora os casamentos para aquisição do BIR) será de ter filhos, de formar uma família, portanto. Claro que a minha colega faz aquilo que muito bem entender com a sua vida, e se quiser casar e nunca ter filhos, isso é lá com ela. Só que no fim cheguei à conclusão que o facto de terem casado foi uma espécie de contrato de exclusividade, como que para “trancar a resposta”, usando a terminologia do concurso “Quem quer ser milionário”.

A minha outra colega ficou um bocado sem resposta, mas continuámos a conversa, falando das diversas modalidades de casamento e paternidade, de casais solteiros, de casais que casam porque a moça engravidou (aquilo que os americanos chamam “shotgun wedding”, muito comum em todo o mundo), etc. A certa altura a conversa foi parar à “tradição”, e mais cedo do que tarde levei uma boca do tipo “não sei como é lá no teu país, mas aqui as pessoas casam primeiro, e depois têm bebé”. “Aqui ponto e vírgula – respondi-lhe de pronto – “É assim na tua casa”. É muito engraçado quando os chineses jogam para cima de nós a carta da tradição, mas é claro que isto chega a ser até irónico, atendendo a que tal como nós ocidentais, também não são nenhuns anjinhos. Quem conheça mal o Oriente se calhar pensa que os casamentos chineses são qualquer coisa de místico e sagrado, e que na China “não existem divórcios”, ou que os neguinhos não enfeitam o pára-choques uns dos outros com um belo par de chifres de vez em quando.

Não cabe na cabeça de ninguém nos dias de hoje pensar que o casamento deve ser requisito para que alguém possa ter filhos. Já chegou o que chegou em Portugal, por exemplo, onde até há relativamente pouco tempo (anos 60) um filho nascido fora do casamento era um “bastardo”, e que um casal que não tivesse o papel assinado vivia em “fornicação”. Foi mais um contributo da nossa estimada Igreja Católica para o atraso das mentalidades e para a humilhação dos pobres pecadores. Hoje em dia ninguém precisa de casamento nenhum para ter filhos. Podemos ter dez filhos de dez mulheres ou maridos diferentes, que não são “concebidos em pecado”, ou “bastardos” ou outra dessas designações parvas. Ninguém tem nada a ver com isso, pura e simplesmente, e o mais importante é assumir as decisões que se tomam.

O mais curioso é que muitos casais chineses de Macau são casados segundo os costumes e tradições chinesas, ignorando por completo o registo civil. Escusado será dizer (e repito aquilo que disse aqui ontem: vivemos num estado de direito e não num estado de “fông-soi”) que estes casais são solteiros perante a lei. O casamento chinês não é reconhecido, o que significa que qualquer pessoa, mesmo sendo já casada no registo civil, pode casar pelos usos e costumes chineses. Não se verifica a idoneidade dos nubentes para contraír casamento, porque se trata simplesmente de um casamento a fingir, que vale tanto como o dinheiro do jogo do Monopólio. É dentro da tal “tradição” uma espécie de apaziguador dos deuses, uma cerimónia para “dar cara” à família – normalmente a da noiva.

Falando novamente de tradição, e agora em jeito de conclusão é curioso como existem resmas de raparigas chinesas a venderem-se em websites internacionais de casamento. Devem ser as traidoras, coitadinhas, "à rasca" para arranjar um marido estrangeiro que lhes tire das costas o peso da "tradição" e que as resgatem da Idade das Trevas. As pessoas podem libertar-se do peso da tradição, desde que "não se importem com o que os outros pensam". "O que os outros pensam" está enrolado na minha casa-de-banho ao lado da sanita. Como diz o povo (o meu povo) e com razão, "a tesão fala mais alto e a tradição dança o vira".

Velhinha tarada torna-se homicida


Uma idosa de 92 anos viu as suas intenções românticas recusadas pelo vizinho e disparou quatro tiros de uma pistola semi-automática contra a sua casa. Helen Staudinger, da Florida, viu o seu vizinho de 53 anos recusar-lhe um beijo, e aparentemente ficou furiosa com a recusa (seria a primeira vez?). Dwight Bettner, o vizinho, teve sorte, pois uma das balas "passou perto da sua cabeça". Staudinger foi detida na terça-feira acusada de tentativa de homicídio e comportamento negligente com arma de fogo. Segundo o relatório policial, Staudinger disse aos agentes que foi a casa de Bettner, em Fort McCoy, e recusou-se a ir embora enquanto não fosse beijada. O vizinho recusou, discutiram, e a idosa saíu de lá furiosa. Bettner disse que estava ao telefone com o seu pai quando começou a ouvir tiros. Uma das balas entrou pela janela, espalhando pedaços de vidro que o atingiram. Bettner, um ex-agente policial, diz que a velha estava atraída por ele "desde que se mudou para a Florida, há seis meses". "Eu costumava ajudá-la a levar o lixo, e penso que ela terá interpretado mal". Moral da história: não se deve ser gentil e cordato com os idosos.

Parece que por lá não há Governo...


Desta vez nem foi peciso uma campanha negra: José Socrates saíu do Governo pelos próprios chispes depois da AR lhe ter dado um rotundo "Não" no seu novo PEC. O Euro caíu e os juros da dívida subiram. O presidente Cavaco Silva reúne amanhã com os partidos e convocará novas eleições. Saiba tudo no dossiê do Expresso.

A caminho de Dusseldorf: Teach-In


Os Países Baixos venceram por três vezes o Festival da Eurovisão em três ocasiões: 1957 com Corry Broken, 1969 com Lenny Kuhr e a última vez em 1975 com este "Ding-a-Dong", dos Teach In. "Ding-a-Dong" tem a curiosidade de ser a primeira canção a vencer com o actual sistema de pontuação (8/10/12 pontos), e a primeira vez que a canção apresentada em primeiro lugar nessa noite saíu vencedora. Uma canção engraçadita para a época (estávamos em 1975...).

quarta-feira, 23 de março de 2011

O mercado dos demónios imaginários


Queria fazer um pequeno exercício de imaginação com o leitor. Imagine que pelo módico preço de 500 mil patacas podia comprar uma casa com três quatros, sala ampla, duas casas-de-banho, localização central e vizinhança catita. O único senão desta casa de sonho que certamente não se encontra no mercado é que em tempo vivia lá uma família muito feliz, até ao dia em que o pai se passou dos carretos, matou a mulher e as três filhas com um machado, misturou-lhes os pedaços na banheira e depois rebentou com os miolos no meio da sala, cagando as paredes todas de sangue. Depois de uma banheira nova e uma demão de tinta, será que o leitor compraria esta casa?

Foi depois de ler esta notícia do agente da PSP de 26 anos encontrado morto por suicídio com fumo de carvão que me lembrei desta interessante especificidade da cultura chinesa: as casas “limpas”. Muito resumidamente, uma casa “limpa” é uma casa onde não tenha acontecido nada de nefasto, como um suicídio ou um homicídio. Uma casa que não esteja “limpa” está obviamente “suja”, o que significa que está habitada com a alma descontente de um ex-residente.

Para que se perceba bem isto é necessário acreditar em fantasmas, espíritos e outras coisas do sobrenatural. Temos esta ideia de algumas imagens e contos de terror ocidentais, como a casa assombrada, o jardim do enforcado, filmes como “Friday the 13th”, Candyman” ou “Pesadelo em Elm Street” usam conceitos que nos divertem assustando, mas ninguém no seu perfeito juízo acredita em fantasmas ou em almas penadas. O sobrenatural não passa disso mesmo, algo que ultrapassa o natural, que não é real. Diz o povo e com razão: “com os mortos não precisamos de nos preocupar”, ou o meu favorito, “os bonzinhos estão todos no cemitério”.

Para nossa surpresa ou talvez não, a esmagadora maioria dos chineses não compraria nunca uma casa “suja”. Fiz um pequeno inquérito de bolso a familiares, colegas e amigos, e obtive quase de 100% de respostas negativas. Alguns não só não comprariam uma casa “suja”, como venderiam a sua caso suspeitassem de que foi palco de algo de macabro. Segundo a minha mulher, a minha perita em assuntos sínicos, isto “pressente-se”, ou seja, há pessoas que conseguem “pressentir” um espírito dentro de uma casa. Isto tem muito a ver com um número de factores, como o estado do tempo (ir ver uma casa num dia de tempestade não é boa ideia), equilíbrio mental, habilitações literárias, período menstrual, etc, etc. Não sei se existem profissionais deste tipo de coisa, mediums ou clairvoyants que venham atestar a “limpeza” de uma casa, mas se existem, são apenas charlatões. Digo eu.

Ainda segundo a minha mulher, comprar uma casa “não é a mesma coisa que comprar um par de sapatos”. É um investimento grande, não é algo de que se possa dispor facilmente, e os investidores querem que as coisas corram bem, tanto no céu como na terra (é por isso que as casas novas são sempre as mais requisitadas). Além disso, nem toda a gente sabe ou “pressente” este tipo de coisas, e quem sabe quantos crédulos habitam moradias onde se realizaram rituais de adoração a Satanás ou a Kali Ma? Não sei como é no Ocidente, pois nunca liguei muito a este tipo de coisas, mas pessoalmente não me importava de comprar por uma bagatela uma mansão enorme com terraço panorâmico, piscina, ginásio e jardim, mas onde apenas por mero acaso foram decapitados 200 inimigos do Conde Vlad III, o empalador.

Mas para os chineses isto tem mesmo uma importância fundamental. Isto em termos legais afigura-se muito complicado, pois como vivemos num estado de direito e não num estado de "fông-soi", não existe nenhuma lei que obrigue alguém a devolver uma casa "suja". As agências imobiliárias estão conscientes desta diferença, e as casas “sujas” são normalmente mais baratas. E vendem-se bastante bem. Quem as compra não tem intenção de lá habitar, mas sempre pode revender, especular e vender a um tanso qualquer que não acredite nestas superstições da treta, ou a um casal de jovens que não tem dinheiro para comprar uma casa nova, e sujeite-se a viver ali junto com os demónios imaginários.

Jovens Ronaldos de Shaolin



Muita gente se deve lembrar do filme "Shaolin soccer", com Stephen Chow. Agora o futebol em Shaolin, na cidade chinesa de Songshan conhecida pelo seu templo budista onde se aprende kung-fu, é uma realidade, com a formação de uma equipa de futebol completamente constituída de jovens monges. O ex-futebolista camaronês Alphonse Marie Tchami Djomaha foi convidado para treinar o clube, que consiste de 40 atletas com uma média de 10 anos de idade, prontos a aplicar as regras do kung-fu ao futebol. Tchami, que jogou pelos Camarões nos mundias de 1994 e 1998, diz que os jovens monges "aprendem depressa, e estão em boa forma física". Shi Yanlu, mestre dos pequenos guerreiros de Shaolin, diz que "existem muitas semelhanças entre o kung-fu e o futebol", e vai mais longe ao dizer que esta ideia "talvez ajude a elevar a qualidade do futebol chinês". E se calhar tem razão.

Nantita Khumpiramon


Uma verdadeira sensação no programa "Thailand Got Talent", do canal Tahi TV3, da Tailândia. Nantita Khumpiramon, um transsexual de 27 anos, causou furor ao cantar a balada "Unlovable", do grupo tailandês Mild, ao providenciar tanto a voz feminina, como a masculina. Um verdadeiro 2 em 1. O júri diz que "foi enganado", porque "pensavam que era uma menina" - um equívoco muito comum na Tailândia. Apesar de ter enganado o júri, Nantita passou à fase seguinte da competição com unanimidade.

Morreu Elizabeth Taylor


Morreu hoje aos 79 anos a actriz Elizabeth Taylor. Um dia tinha que ser. Gosto de me lembrar dela assim, como Cleópatra, o seu momento mais feliz. Que descanse em paz.

O capitalismo matou os marcianos


"O capitalismo é responsável pela falta de vida no planeta Marte". Este é o novo delírio do socialista Hugo Chávez, "el presidente" da Venezuela, esse estado outrora próspero que se está a tornar numa república das bananas. "Sempre disse que não seria estranho se existisse uma civilização em Marte, mas o capitalismo e o imperialismo chegaram lá e deram cabo do planeta", afirmou Chávez, num discurso que marcava o dia mundial da água. Chávez, que responsabiliza o capitalismo por muitos dos problemas do mundo, avisou que os recursos hidrícos da Terra "estão-se a esgotar". "Cuidado! Aqui no planeta Terra onde existiam florestas e rios, existem agora desertos!", disse Chávez, enquanto bebia um copo de água. O presidente venezuelano aproveitou ainda para defender Khadaffi (pois claro...), alegando que o ocidente atacava a Líbia "pela água e pelo petróleo". No início deste mês o Conselho de Pesquisa Nacional dos Estados Unidos anunciou que a prioridade da NASA seria construír um robô que determine se alguma vez existiu vida em Marte, e a história climática do planeta vizinho da Terra.

Seja um Chris Brown, bata na gaja e parta uma janela


Não querendo fazer do blogue uma espécie de "Música em Movimento", programa para a malta jovem que a malta jovem não vê, mas gostava aqui de falar deste personagem, Chris Brown. Brown é um, ahem, "músico" (custa dizer certas coisas...) americanóide que tem milhões de fãs em todo o mundo, e que ficou mais conhecido por ter agredido violentamente a sua namorada, a também cantora Rihanna, há dois anos. Depois disso Chris Brown foi condenado a trabalho comunitário, e regressa agora com um novo álbum, F.A.M.E. (Forget All My Enemies). É piada do neguinho. Ontem de manhã no programa "Good Morning, America", a jornalista Robin Roberts tentou fazer-lhe uma pergunta sobre o incidente com Rihanna, o que deixou o cantor muito agitado, fazendo-o mudar de assunto. De regresso aos camarins, Brown ficou possesso, gritou, partiu mobília e atirou uma cadeira contra uma janela. Depois disso o cantor foi visto a sair do edifício sem camisa, exibindo as suas vistosas tatuagens.

Este Chris Brown tem apenas 21 anos, e provavelmente um registo criminal maior que eu alguma vez teria se vivesse até aos 120 anos. Os modelos que a jovens seguem são estes, pessoas desequilibradas com tendências criminosas. O lugar desta gajo é na cadeia, e se calhar não está lá ainda porque, atente-se a isto, "vale milhões de dólares" em discos, concertos e contratos publicitários. É pago a peso de ouro para ser uma besta. Vai estar na Austrália no próximo mês a dar cinco concertos, e muito provavelmente a pagar às "bitches", dar festas de coca e arrasar com bares e quartos de hotel. Era uma excelente oportunidade para prendê-lo. Veja o incidente e comentários no vlogue Young Turks.

Amor com amor se paga


Casa do FC Porto em Coimbra foi vandalizada ontem à noite, um dia depois do carro do presidente do Benfica ter sido apedrejado por desconhecidos.

Não sou gordo, tenho os ossos largos!


Um pequeno de três anos de idade na China tem pela frente uma vida curta e miserável, uma vez que só vive para comer. Lu Hao pesa 57 kg - cinco vezes mais que uma criança da sua idade. Lu Hao fica fora de controlo quando não repete três ou quatro vezes o seu jantar de entrecosto com arroz. Como resultado das quantidades copiosas de comida que ingere (deve ser arraçado de elefante), Lu Hao fica sem fôlego ao mínimo esforço. Os médicos dizem que a criança corre sérios riscos de hipertenso, doença cardíaca e diabetes, isto é se já no sofre de algumas destas complicações. Os pais dizem que não conseguem obrigar Lu Hao a fazer dieta porque "têm medo dele". Foi expulso da creche por receios que possa ser um perigo para as outras crianças, e fica sozinho a brincar em casa. Quando não está a comer, é claro.

A caminho de Dusseldorf: Getter Jaani


Hoje vou começar a apresentar uma das canções concorrentes ao festival deste ano, e logo com uma das grandes favoritas. A Estónia, que já venceu em 2001, leva este ano uma jovem promissora de apenas 18 anos de idade (feitos o mês passado), Getter Jaani, que intepreta "Rockefeller Street". Um tema muito pop, bem cantado por uma bonita jovem, à semelhança da canção que venceu o ano passado. Mesmo que não ganhe promete ser uma das presenças mais recordadas do festival.

terça-feira, 22 de março de 2011

Viver a vida: grande pitame






Acabei de ver o primeiro episódio da novela da TV Globo "Viver a Vida", que começou a ser transmitida pela TDM. Não posso dizer muito sobre do que se trata realmente, uma vez que foi apenas o primeiro episódio, mas fiquei impressionado com a qualidade do pitame. Quer dizer, do elenco. Assim temos, de cima para baixo, Taís Araújo (cada vez mais gira e menos parecida com Ronaldinho Gaúcho, Aline Moraes, Aparecida Petrowki, Lica Oliveira e Daniele Suzuki. Pitame loiro, tropical e até asiático. Promete, pelo menos neste departamento.

Pandalhada na TDM


Será isto...palhaços???

Hoje o Telejornal da TDM foi apresentado por João Pedro Marques, um excelente profissional que admiro imenso e de que já tinha saudades de ver na TV. Correu tudo mais ou menos bem para quem não costuma (nunca?) apresentar as notícias da noite. Isto até ao momento em que se fala do Festival de Artes de Macau, e da nova peça do grupo "Doçi Papiaçam di Macau". JPM diz-nos que a peça chama-se "Qui palhaçada", e até nos convida a ver Miguel Senna Fernandes a explicar "que palhaçada é esta". Ficamos depois mais aliviados em perceber que se tratou de um engano, que a peça afinal chama-se "Qui Pandalhada", e é mais uma crítica social em tom humorístico aos costumes, como é habitual nos Doçi. Ainda esperei que depois o JPM ainda fizesse a devida correcção, mas debalde. Se calhar JPM até nem tem culpa nenhuma, que não liga a isso do patuá ou lá ou que é, e que se calhar era aquilo que estava escrito no ponto. Resta saber quem pisou a cauda de seja quem for que escreveu o ponto, que quis chamar àquilo tudo uma "palhaçada"

Analfabeto do mês

A caminho de Dusseldorf: Volaaaare


Hoje mergulhamos nas entranhas da Eurovisão em busca de uma curiosidade que pouca gente sabe. Conhecem aquele clássico italiano "Volare", que os americanos adoram? Conhece, pois. O que se calhar não sabe é que essa é uma canção do festival da Eurovisão. O festival realizou-se em 1958 na Holanda, e o vencedor foi a canção "Dors, mon amour", de André Claveau, da França, seguido de Lys Assia, da Suíça, com "Giorgio". Em terceiro ficou Domenico Modugno com "Nel blu dipinto di blu". O refrão toda a gente conhece...Volaaaare, etc. - como se ouve por exemplo nos canais do Venetian do COTAI.

Morreu Artur Agostinho


Morreu Artur Agostinho, o único homem que tanto eu como o leitor, independentemente da idade, conhecemos desde que nascemos.

Idade da Pedra


O carro onde Luís Filipe Vieira seguia, rumo ao Porto, depois do embate com o Paços de Ferreira, referente à 24.ª jornada da Liga, foi atingido por um saco de pedras, que feriu o presidente encarnado.

O veículo seguia pela autoestrada que une Paços de Ferreira ao Porto quando foi atingido, gerando-se a confusão.

Vieira foi assistido no local, aguardando-se agora mais desenvolvimentos sobre esta história.

In Record

Benfica vinga-se


Highlights - MyVideo
O Benfica goleou o P. Ferreira na Mata Real por cinco bolas a uma, e baralhou um pouco as contas do título. Para o FC Porto se sagrar campeão já na próxima jornada vai precisar de vencer os encarnados em pleno Estádio da Luz, onde se esperam milhares de mortos e feridos. Os golos encarnados foram marcados por Cardozo (penalty, que miraculosamente converteu), Aimar, Gaitán e - pasme-se - dois golos de Nuno Gomes, o carocha da garagem de carros de luxo da Luz. Noutra partida o Braga bateu em casa o Rio Ave por 1-0 e isolou-se no 4º lugar, com menos 4 pontos que o Sporting e menos um jogo.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Até já, Elsa (e obrigado)


Hoje foi um dia especialmente triste para mim, pois soube esta manhã do desaparecimento de uma das pessoas mais encantadoras que tive o prazer de conhecer durante este anos que vivo no território. Natural em Macau, Elsa Dias estudou no Liceu Infante D. Henrique e mais tarde no Rhode Island College, nos Estados Unidos. Regressou a Macau e trabalhou na TDM rádio e TV, e dessa experiência teve um episódio que registei com humor. Quando Kevin Costner passou por Macau em 1995 (passou mesmo, demorou-se por cá duas horas) e Elsa foi entrevistá-lo ao terminal de jetfoil, ficou completamente sem fala, uma vez que era uma fã do actor.

Elsa Dias era além de uma mulher linda, uma excelente profissional e uma pessoa fantástica, mas era também uma lutadora. Diagnosticada com cancro em 2000, regressou aos Estados Unidos onde se submeteu a vários tratamentos, experiência que ficou documentada numa excelente reportagem de 2007 da revista Macao Closer. Elsa mantinha ainda um blogue onde falava da sua vivência sempre positiva perante a doença que a apoquentava.

Perante a adversidade da doença, a luta de Elsa é um exemplo para todas as pessoas com o mesmo problema. Em vez de desistir de viver, como tantos fazem, Elsa não virou a cara à luta, acreditou, e demonstrou que o pessimismo é meio caminho andado para a derrota e para a desilusão. Damos demasiada força à doença se começamos logo a pensar no fim. Podemos ter cancro mas não estamos mortos, e não interessa se o tempo para se viver é curto. Tem que ser vivido de qualquer jeito.

Na sua página do Facebook podem-se encontrar ainda fotos recentes da Elsa e da família, mas a melhor de todas é sem dúvida esta que publico juntamente com esta minha humilde homenagem. O lindo sorriso da Elsa diz tudo da maravilhosa pessoa que ela era. Vamos ter todos muitas saudades. Resta-me apenas dar as mais sentidas condolências à família da Elsa, que tenho toda a certeza, tem muito orgulho dela.

Viver a vida


A TDM começa amanhã a transmitir a telenovela "Viver a Vida", da Rede Globo, que conta com Mateus Solano, Taís Araújo, José Mayer e Lília Cabral nos principais papéis. Uma novela mais ou menos recente (é do ano passado) que vem substituír a série "A Muralha", que termina hoje. Fica aqui uma pequena introdução do primeiro episódio.

A continuação da espécie


Estudantes na China estão a receber cerca de 3 mil yuan por doações de esperma. O esperma está em falta na China, porque 10% dos casais são inférteis. Só que os estudantes em Guangdong estão a solucionar o problema, dando mais que o sangue, suor e lágrimas pela continuação da espécie.

De acordo com o as regras do Ministério da Saúde, um homem entre os 22 e os 45 anos de idade pode doar esperma uma vez na vida - menos os homossexuais e os estrangeiros. Os interessados devem visitar o banco de esperma três vezes para fazer testes e análises de sangue, regressando depois mais dez vezes (!) para fazer as doações. Um dador qualificado recebe 3 mil yuan em subsídios depois de terminar todas as doações.

Tang Lixin, director do Banco de Esperma de Guangdong diz que "Não significa que os homens estão a vender o seu esperma. O subsídio destina-se a pagar refeições, transportes e pelo incómodo". O banco de Guangdong, um dos 10 em todo o país, recebeu mais de 900 dadores o ano passado.

Segundo Tang, os estudantes e os mais jovens têm uma mentalidade mais aberta: "Alguns estudantes doam esperma pelo subsídio, mas alguns consideram isto um acto de caridade". A percentagem de eperma aceitável para inseminação aumentou de 20 para 30 por cento em três anos, de acordo com os dados do banco. Tang sublinhou ainda que o esperma dos jovens com graus de mestrado ou doutoramento "são mais valiosos".

A caminho de Dusseldorf: Cliff Richard


Cliff Richard é provavelmente o cantor mais conhecido por nunca ter ganho o Festival da Eurovisão (Julio Iglesias é outro, falamos dele depois). O cantor inglês muito popular entre as meninas durante os "swinging sixties" foi batido por um ponto em 1968 por Massiel com "La, la, la". Em 1973 regressou ao Festival com este "Power to all our friends" e ficou em 3º atrás de Anne-Marie David com "Tu te reconnaîtras" e os Mocedades com "Eres Tu". Cliff Richard prosseguiu uma carreira respeitável na música, gravou 32 discos de originais, o último deles o ano passado, aos 70 anos.

Porto cada vez mais perto do título


O FC Porto bateu ontem a Académica no Estádio do Dragão por três bolas a uma, em jogo a contar para a 24ª jornada da Liga ZON Sagres. Os dragões, com algumas alterações no onze inicial, viram os estudantes adiantarem-se no marcador aos 30 minutos pelo defesa ganês David Ady, curiosamente um jogador emprestado pelos azuis-e-brancos. Na segunda parte Guarín, Maicon e Varela, em apenas 20 minutos, deram a volta ao resultado, e deixaram o Porto cada vez mais perto do título. Caso o Benfica não vença hoje em P. Ferreira, bastará aos dragões um empate na Luz na próxima jornada para se sagrar matematicamente campeão.

domingo, 20 de março de 2011

Isto não aconteceu em Macau


A recente corrida ao sal nos supermercados foi mais um prego no caixão da boa educação e do civismo em Macau. No entanto podem-se fazer várias leituras sobre o assunto. Primeiro este não é um problema “de Macau” propriamente dito. Nos supermercados e lojas aqui perto de casa não faltou sal, açúcar, molho de soja, caldo de galinha nem nada que se pareça. Ainda ontem passei pelo supermercado “chinês” aqui perto de casa (“chinês” porque os proprietários são da China continental e vendem produtos chineses) e tinham lá sal ao pontapé. O comportamento dos meus vizinhos deixou-me satisfeito, pois quem quis ir comprar um pacote de sal para fazer o jantar lá em casa, não precisou de comer nada insonso. Esta corrida ao sal aconteceu sobretudo na zona norte da cidade, área onde se concentra a maior parte da população mais pobre, ou originária da China continental.


Uma das leituras que se pode fazer é histórica. É um bocado difícil convencer um povo que passou pelo que passou nos últimos cem anos a não fazer este tipo de figuras tristes. Para quem levou a cabo empreitadas como “O grande salto em frente” ou a “Revolução Cultural”, o que é empurrar e passar por cima dos outros para saquear sal, leite em pó ou outra coisa qualquer? Se estamos com um problema, neste caso a radiação do Japão, e a solução apresentada é comer quilos de sal, então vamos a isso. Se existe a possibilidade de acabar o sal, porque depois vai estar contaminado, vamos comprar sal para os próximos cinquenta anos. Sessenta milhões de mortos pela fome entre os anos 50 e 80 do século passado deixaram a sua mácula nas gerações seguintes.


Outra leitura que se pode fazer é o da falta de confiança nos seus dirigentes e instituições. Basta ver quando se regista aquele problema com a salinidade da água, e os pacatos cidadão correm aos supermercados para comprar água destilada – alguma dela de pior qualidade que a água da torneira. Melhor ainda nos dias de tufão. Quando os Serviços de Meteorologia se preparam para içar o sinal 8 de tempestade tropical, vejo indivíduos a sair dos supermercados com um ar aflito, carregados de sacas de dez quilos de arroz e comida congelada que normalmente não comprariam.


Para quem não sabe, um tufão é uma tempestade ligeira que demora algumas horas a passar e não causa danos significativos em cidades que não são construídas de palhota. Este comportamento dá a entender que um tufão é como o furacão Katrina, e que a população acabará sentada no telhado a comer arroz crú e van tan congelado. Não adianta o Executivo insistir que Macau não vai ser arrasado por um tufão, ou que os níveis de salinidade ainda são seguros, ou que não se regista um aumento de raios gama na atmosfera do território. É tudo mentira. Nem adianta que tenha vindo hoje um especialista lembrar que o Japão ainda é longe, e que nos anos 40 rebentaram lá duas bombas nucleares mais potentes que esta fuga de radiação e Macau não foi afectado de todo (um pequeno detalhe histórico que passou despercebido a muita gente). E vossemecês por acaso julgam que a malta é parva ou quê?


Mas nem tudo é mau nesta verdadeira paranóia nuclear. Como Japão passou a ser sinónimo de radiação, o sushi e os excelentes produtos lácteos japoneses estavam intactos no New Yaohan esta tarde. Foi uma alegria poder comprar sushi e sashimi que não foi apalpado e amassado por não sei quantas mãozinhas. O frigorífico estava cheio de produtos fresquíssimos, como leite de Hokkaido, ou pudins e gelados da Milk Top.


Fico no entanto apreensivo quanto ao futuro destes excelentes produtos, que gradualmente deixarão de chegar à RAEM caso o problema de Fukushima se agrave. Preocupa-me que acabe o bife de Kobe, daquelas vaquinhas virgens que bebem cerveja e levam massagens. Chateia-me que não haja uma cervejinha Sapporo ou Kirin para se beber. Vamos ficar a esperar que não.